Um Otimista Incorrigível - Michael J. Fox
Divulgação

Um Otimista Incorrigível

Guias / Livros - Redação Publicado em 04/02/2010, às 11h31 - Atualizado às 11h31

Michael J. Fox

Editora Planeta

Ator ícone dos anos 80 fala como é conviver com o mal de Parkinson

É irônico que o “garoto do futuro” Michael J. Fox tenha aberto mão de sua carreira nas telas justamente por uma doença que é associada à velhice. Faz mais de dez anos que ele contou ao mundo que sofria precocemente do mal de Parkinson, e agora narra como é conviver com a doença, e, mais do que isso, como ter uma vida feliz e lutar pelo que acredita. Ele consegue estabelecer um ritmo que não cansa nem apela para o sentimentalismo. Trabalho, política, fé e família são os pilares que sustentam a vida do ex-ator. No livro, ele conta como decidiu se aposentar e como era atuar com a doença, seus encontros com o ex-boxeador Muhammad Ali (que sofre de Parkinson) e o eterno Super-Homem Christopher Reeve, sua atuação política ao lado de candidatos que apoiam a pesquisa com células-tronco embrionárias, a criação de sua fundação, a vida em família, a passagem pelo 11 de setembro e até o dia em que dividiu o palco com Pete Townshend e Roger Daltrey do The Who, o que o leva a concluir que isso fez quase valer a pena ter Parkinson. Marcado com momentos de bom humor e referências pop, o livro cumpre o que o título promete e ainda consegue esclarecer um pouco, ainda que de maneira superficial, a polêmica com relação à pesquisa científica que o ator defende e que pode ser a chave para a cura não somente de sua doença, mas de muitas outras.

Alexandre Duarte

Últimos Guias Livros