Divulgação

Zeitoun

Guias / Livros - Redação Publicado em 06/05/2011, às 15h45 - Atualizado às 15h45

Dave Eggers

Companhia das Letras

A história real de um bom samaritano que foi injustamente perseguido

Em 2005, quando o furacão Katrina atingiu a costa sul dos Estados Unidos, ventos de até 300 quilômetros por hora destruíram casas, fazendas, cidades e mataram centenas de pessoas. Milhares delas, sem ter para onde ir, se abrigaram em acampamentos improvisados pelo governo norte-americano. O socorro às vítimas foi um fracasso. Em Nova Orleans, a intempérie em si causou danos de fácil reparação. O rompimento dos diques em torno da cidade, no entanto, foi uma tragédia; a água alcançou 4 metros de altura em algumas ruas. Abdulrahman Zeitoun, um sírio radicado nos Estados Unidos, pôs-se a ajudar as vítimas navegando em um pequeno bote. Até que ele foi preso por suspeita de terrorismo. Bastou ser islâmico e vir do Oriente Médio. O governo Bush acreditava que por estar fragilizada, a região serviria de palco para a Al Qaeda, uma ideia tão absurda quanto a arbitrária prisão de Zeitoun, que, sem comunicação com a família, era dado como desaparecido ou morto. Eggers conta a história real com ares de thriller e cumpre o papel de dar voz a um injustiçado.

RODRIGO LEVINO

Últimos Guias Livros