.

são mais 'ok' em 2020

5 músicas que não

Se olharmos para trás e analisarmos as músicas que
já fizeram sucesso, algumas delas soam bastante
problemáticas para os novos moldes sociais e culturais.

Os tempos certamente mudaram - e muito!

Separamos 5 músicas que ‘não são
mais ok’ em 2020, segundo lista do portal NME.

De Eminem a Rolling Stones

O rapper canta sobre uma fantasia na qual mata a esposa
antes de se matar. A música é sexista, grotesca, violenta e
o uso repetido de "vagabunda" é o menor dos problemas.

Eminem - Kim (2000)

A música relata os "prazeres variados" proporcionados
por mulheres de diferentes partes do mundo, fazendo
generalizações sobre as mulheres com base na etnia.

The Rolling Stones -
‘Some Girls’ (1976)

A cantora repreende um amante por estar em
contato com seu lado feminino, dizendo que ele
é "tão gay" sem "gostar de meninos".

Katy Perry - ‘Ur So Gay’ (2008)

O narrador tenta cortejar uma mulher, assegurando-
lhe que, mesmo que ela não esteja afim, na verdade ela
está. Um blogueiro até a apelidou de "música de estupro".

Robin Thicke, T.I. e Pharrell
Williams - ‘Blurred Lines’ (2013)

Com um tom assustador, o narrador diz que causará muitos
danos na própria namorada se descobrir que ela o traiu.
“É melhor você se salvar garotinha”, diz uma parte da letra.

The Beatles -
‘Run For Your Life’ (1965)

Que bom que os tempos mudaram!

Algumas dessas músicas nem são tão antigas,
mas já se tornaram inaceitáveis para 2020.

vocalista dos Beatles?

Qual dos dois era principal

Paul McCartney versus John Lennon:

leia mais!

CLIQUE AQUI

texto: clara guimarães
edição: tamires baldessin