Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / LISTA

10 artistas mais ricos do k-pop

De singles de sucesso a colaborações com marcas de luxo e investimentos imobiliários, confira quais personalidades da Coreia do Sul estão lucrando mais com o fenômeno do k-pop

Redação Publicado em 24/11/2023, às 14h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jisoo, Jungkook e PSY estão no top 10 de artistas mais lucrativos do k-pop
Jisoo, Jungkook e PSY estão no top 10 de artistas mais lucrativos do k-pop

A onda k-pop não apenas impulsionou toda uma nova geração de artistas para o centro das atenções globais, mas também apresentou ao mundo alguns dos maiores nomes da indústria musical coreana.

Seja o cantor sul-coreano PSY do famoso “Gangnam Style” ou os membros do BTSJungkook e V, esses ídolos do K-pop solidificaram com sucesso suas carreiras solo e também de grupo, além de cunhar negócios lucrativos com marcas e se apresentar com ingressos esgotados, o que aumenta ainda mais seu patrimônio líquido exponencial.

+++ LEIA MAIS: Grupo de k-pop TXT se junta à Anitta em novo single "Back for More"

Pensando nisso, a revista LifestyleAsiarankeou quais são os 10 astros mais ricos do gênero. Confira:

PSY

Patrimônio líquido estimado: US$ 60 milhões

Park Jae-sang, popularmente conhecido por seu nome artístico PSY, é um cantor, rapper, compositor e produtor musical sul-coreano de sucesso. Um dos ídolos mais ricos do K-pop, PSY ganhou fama internacional após lançar a cativante faixa-título "Gangnam Style" de seu sexto álbum, Psy 6 (Six Rules):Parte 1, em 2012.

Em 21 de agosto de 2012, a música liderou o iTunes Music Video Charts, superando sucessos de nomes como Justin Bieber e Katy Perry. Em 24 de novembro do mesmo ano, “Gangnam Style” se tornou o vídeo mais visto na história do YouTube até aquela data. Em 2023, foi visto mais de 4 bilhões de vezes no canal de streaming de vídeo.

+++ LEIA MAIS: Grupo Kard, de K-pop, denuncia racismo em programa de Raul Gil

A estrela do K-pop, que formou sua própria empresa, P Nation, em 2019, também tem outras faixas de sucesso em seu crédito. Estes incluem “Right Now”, “It's Art”, “Urbanite” e “That That”. A última, um single em parceria com o rapper Suga do BTS, ultrapassou 200 milhões de streams no Spotify em maio de 2023. 


IU

Patrimônio líquido estimado: US$ 40-45 milhões

Desde governar a indústria da música e da moda até receber elogios por suas atuações em vários K-dramas e filmes, a cantora Lee Ji Eun, também conhecida como IU, se estabeleceu como uma das estrelas de maior sucesso da época.

+++ LEIA MAIS: Ex-Loona, Chuu prepara álbum solo com lançamento marcado para outubro

Foi em abril de 2009 que IU lançou seu primeiro álbum, Growing Up, que IU seus primeiros sucessos no Top 25 “Boo” e “Hey (Rock Ver.)”. Algumas de suas outras faixas de sucesso são “Strawberry Moon”, “Lilac”, “eight” e “Celebrity”. Além disso, sua colaboração com o rapper Agust D para “People Pt.2” em 2023 lhe rendeu o primeiro lugar nas vendas de músicas digitais da Billboard.


Tae Yang

Patrimônio líquido estimado: US$ 40 milhões

Dong Young-bae, também conhecido como Taeyang, é conhecido por sua habilidade musical e presença magnética no palco como integrante do grupo K-pop BIGBANG. Embora a maioria de seus ganhos venha de sua música, colaborações de moda de luxo e participações em uma das maiores agências de entretenimento da Coreia do Sul, a YG Entertainment, também contribuem imensamente para seu patrimônio líquido cada vez maior.

+++ LEIA MAIS: Chuu, ex-Loona, rebate petição para bani-la da indústria do entretenimento coreana


J-Hope

Patrimônio líquido estimado: US$ 24-26 milhões

Um dos ídolos mais ricos do K-pop, J-Hope (nome artístico de Jung Ho-seok), também é o membro mais rico do BTS. O rapper acumulou sua enorme riqueza principalmente por meio da produção musical do BTS, vendas de álbuns e composições.

O dançarino principal do grupo, J-Hope também é solista com vários recordes de sucesso em seu nome. Ele lançou sua primeira mixtape solo,Hope World, em 2018. Outros marcos em seu crédito são singles de sucesso como “Chicken Noodle Soup” com Becky G, “On the Street” com J. Cole no álbum Jack in the Box (2022). 

+++ LEIA MAIS: Loona dá pistas de retorno após saída conturbada de Chuu


Suga

Patrimônio líquido estimado: US$ 23-25 ​​milhões

O rapper principal do BTS, Suga colaborou com muitos artistas internacionais, como Halsey, ØMI e Steve Aoki como parte do BTS e trabalhou em projetos solo sob seu pseudônimo Agust D. Sua última turnê global, D-Day, tornou-se a apresenação de maior bilheteria de um solista coreano na história dos Estados Unidos, arrecadando quase US$ 3 milhões por noite na UBS Arena, em Nova York.


Jungkook

Patrimônio líquido estimado: US$ 20-22 milhões

Jungkook é um dos membros mais populares do BTS ao lado de V. Ele co-produziu vários sucessos recordes como “Euphoria” e “Stay Alive” com o BTS. Porém, com os integrantes do grupo iniciando o alistamento militar, o canto vem se concentrando em atividades solo há algum tempo.

+++ LEIA MAIS: Jungkook, do BTS, diz que ainda não se vê como um “gigante pop star”

Em 2022, ele colaborou com Charlie Puth em “Left And Right”, que quebrou vários recordes da Billboard. Seu single solo, “Seven”, com Latto, tornou-se oficialmente a música mais rápida a ultrapassar 1 bilhão de streams na história do Spotify em 30 de outubro de 2023.

Enquanto isso, seu álbum solo de estreia em 2023,Golden, vendeu mais de 2 milhões de cópias em um único dia, tornando Jungkook o primeiro solista a alcançar o feito na história na Coreia do Sul.


V

Patrimônio líquido estimado: US$ 20-22 milhões

O vocalista principal do BTS, Kim Taehyung, também conhecido como V, é um dos ídolos do K-pop mais ricos e que mais chamam a atenção.

+++ LEIA MAIS: V, do BTS, revela o grupo feminino de K-pop que inspirou seu álbum solo 'Layover'

Alguns de seus sucessos mais populares com o BTS incluem “Singularity”, “Stigma”, “Blue & Grey”, “Butter”, “Dynamite” e “Life Goes On”. Seu álbum solo de estreia, Layover (2023), vendeu mais de 2 milhões de cópias em sua primeira semana de lançamento, tornando V o primeiro solista coreano a alcançar o feito desde “Let Me Love” de Jo Sung-mo em 2000. 


RM

Patrimônio líquido estimado: US$ 20-22 milhões

Nascido Kim Namjoon, RM (Rap Monster) é o rapper, compositor, produtor e líder do BTS. Segundo a Korea Music Copyright Association (KOMCA), RM tem mais de 215 créditos de músicas em seu nome até o momento.

Em março de 2023, seu álbum solo de estreia,Indigo, ultrapassou 300 milhões de streams no Spotify, tornando-se o álbum mais rápido de um solista coreano a atingir a marca. Além disso, as músicas do Indigo venderam mais de 500 mil cópias nos Estados Unidos.

+++ LEIA MAIS: ‘Blue’: V, do BTS, lança teaser do próximo single


Jisoo

Patrimônio líquido estimado: 20 milhões

Jisoo (nome artístico de Kim Ji-soo) teve uma das carreiras de maior sucesso desde sua estreia no BLACKPINK em 2016. Ela também é uma das estrelas do K-pop mais seguidas no Instagram, com mais de 76,3 milhões de seguidores. 

A primeira mulher solista de K-pop na história a ter mais de 1 milhão de pré-save, Jisoo fez história com seu primeiro álbum solo de 2023, Me. O álbum ultrapassou mais de 400 milhões de streams no Spotify em 31 de outubro de 2023.

+++ LEIA MAIS: Rosé, do BLACKPINK, e Jimin, do BTS, aparecem juntos em campanha


BaekHyun

Patrimônio líquido estimado: 17 milhões

Byun Baek-hyun, popularmente conhecido como Baekhyun, é um dos membros mais ricos do grupo sul-coreano EXO. Após uma carreira de sucesso como membro da boy band, Baekhyun iniciou sua carreira solo com o lançamento de seu EP de estreia, City Lights, em 2019, que vendeu mais de meio milhão de cópias.