Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

4 bandas acusadas de colocar mensagens obscuras em suas músicas

Alguns músicos supostamente insinuam comportamentos e pactos macabros, e como forma de sinalizar isso ao público, escondem mensagens secretas em suas músicas

Emanuela Lemes (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 04/07/2023, às 18h45 - Atualizado às 18h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Queen (Imagem de Divulgação - letras.mus.br)
Queen (Imagem de Divulgação - letras.mus.br)

Em um mundo onde existem cerca de 6500 idiomas, a música é universal e intensamente subliminar. A melodia chama a atenção, mas são os elementos codificados (liricamente e visualmente) que realmente conectam a composição com o público — e, em sua forma mais pura, conversa com as dores e desamores de cada ouvinte.

Há diversos processos durante a produção de um disco, mas alguns fãs acreditam que algumas dessas supostas mensagens ocultas nas músicas são 'satânicas' ou conspiratórias, enquanto outras são inofensivas. Pensando nisso, o Cheat Sheet listou três bandas de rock que, supostamente, insinuam algo além da composição.

Confira 4 bandas acusadas de colocar mensagens obscuras em suas músicas:

+++ LEIA MAIS: 7 músicas com 'mensagens subliminares' sobre sexo: Harry Styles, Charlie Brown Jr e mais

Os Beatles

John Lennon provocou teorias da conspiração quando admitiu colocar uma mensagem invertida em uma música.

“No final de 'Rain', você me ouve cantando ao contrário”, disse ele à Rolling Stone em 1968. “Tínhamos feito o principal na EMI e o hábito era levar as músicas para casa e ver o que você achava um pouco.. truque extra ou qual seria a peça de guitarra.”

A partir daí, os fãs começaram a se debruçar sobre as letras da banda em busca de outras mensagens ocultas. No trecho "Turn me on, dead man", do single "Revolution 9", os fãs acreditaram que era uma dica de que Paul McCartney havia morrido e a banda o substituiu por um dublê.

+++ LEIA MAIS: The Beatles - Get Back: Documentário revela 'único arrependimento' de John Lennon


Led Zeppelin

“Stairway to Heaven”, uma das canções mais conhecidas do Led Zeppelin, pode fazer referência ao céu, mas alguns pensaram que incluía mensagens satânicas.

Conforme informado pela Rolling Stone em 2019, o televangelista Paul Crouch afirmou que a música incluía a mensagem oculta: “Aqui está o meu doce Satã/Aquele cujo pequeno caminho me deixaria triste, cujo poder é Satã/Ele dará àqueles com ele 666/Havia um pequeno depósito de ferramentas onde nos fez sofrer, triste Satanás”.

+++ LEIA MAIS: Led Zeppelin: 52 anos depois, apresentação histórica em Los Angeles é publicada no Youtube

Para a revista, Robert Plant chamou as acusações de 'frustrantes' - por ser apenas uma coincidência bizarra. "Quem na Terra teria pensado em fazer isso?. Você tem que ter muito tempo em suas mãos para sequer considerar que as pessoas fariam isso."

Já para a Musician Magazine em 1983, o vocalista do Led Zeppelin disse que 'Stairway to Heaven' foi escrita com a melhor das intenções, e no que diz respeito a inverter e colocar mensagens no final, essa não é minha ideia de fazer música”.

+++ LEIA MAIS: Como um processo contra Led Zeppelin afetou Ed Sheeran?


Queen

A clássica canção do Queen, “Another One Bites the Dust”, deixou alguns ouvintes convencidos de que a banda estava usando uma mensagem oculta para encorajar o uso recreativo de drogas. No entanto, comparado com as mensagens satânicas e conspiratórias das quais outras bandas são acusadas, a última mensagem aqui parece bem mansa.

“O grupo musical Queen tem uma mensagem para você”, disse o apresentador de rádio cristão Michael Mills, da Radio X. “No álbum A Night At The Opera (1975), eles cantam 'Beelzebub tem um demônio reservado para mim.' Em seu hit 'Another One Bites The Dust', sua mensagem oculta - ao contrário - é 'Alguns de nós fumam maconha'”.


Linkin Park

Em “Announcement Service Public”, a letra não é apenas inelegível, mas também da a sensação do Chester Bennington estar cantando em outra língua. Ouvindo ao contrário, porém, dá para entender que ele fica repetindo “you should brush your teeth and you should wash your hands” (“você deve escovar os dentes e lavar as mãos”). O título da música é invertido (o certo seria Public Service Announcement) em referência a essa brincadeira.