77 anos de Elis Regina: Kell Smith emociona ao relembrar conexão profunda com cantora: 'Mudou minha existência'

Nesta quinta, 17, Elis Regina completaria 77 anos - e Kell Smith relembrou o legado de uma das maiores artistas brasileiras da história

Vitória Campos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 17/03/2022, às 16h19

None
Elis Regina (Foto: publicada no livro Furacão Elis, cedida à Rolling Stone Brasil pela Editora LeYa) e Kell Smith (Foto: Gustavo Arrais / Divulgação)

Uma das maiores vozes nacionais, Elis Regina construiu um legado quase imensurável para a música brasileira. Nesta quinta, 17 de março, a cantora completaria 77 anos de vida — para celebrar a trajetória da extraordinária artista, a Rolling Stone Brasil convidou Kell Smith para contar sobre sua relação com Elis Regina, e revelar alguns detalhes inéditos. 

Smith, cantora e compositora brasileira que se tornou conhecida pela canção "Era uma Vez,” relembra com muito carinho e emoção o legado de Regina — e revela que sua relação com a artista surgiu quando ela tinha apenas 12 anos. 

+++ LEIA MAIS: Kell Smith transforma caos em reflexão em 'Vivendo', música com padre Fábio de Melo [ENTREVISTA]

Tudo começou quando Smith ganhou de seu pai, como presente de aniversário, o disco Falso Brilhante(1976). O álbum “mudou a existência” dela — e a acompanha até hoje. “A Elis não só me impactou, ela me atravessou. Naquele momento em que eu escutei esse LP, eu a conheci, mas eu também tive contato com o mais profundo da minha alma,” contou Smith. 

A cantora teve uma infância humilde, e sonhava em pedir ao pai para levá-la a um show de Regina, com o intuito de conhecer sua ídola e “primeiro amor” de perto. Infelizmente, quando teve coragem de pedir, descobriu uma das notícias mais tristes de sua vida: Elis não estava mais aqui — mas sua música permaneceria por gerações e gerações. 

+++LEIA MAIS: Como João Marcello Bôscoli trabalha para trazer a mãe, Elis Regina, para as novas gerações [ENTREVISTA]

Elis Regina morreu precocemente aos 36 anos, no auge da carreira. Contudo, para Smith, a cantora é imortal e ainda vive dentro dela —  e do povo brasileiro — por meio de suas músicas inesquecíveis. “A arte da Elis transformou a minha vida,” concluiu. Confira o vídeo na íntegra abaixo:

Elis por Kell - uma playlist

A pedidos da Rolling Stone Brasil, Kell Smith ainda montou uma playlist com as faixas essenciais de Elis para celebrar os 77 anos da ídola. A íntegra de Elis por Kellvocê confere abaixo:

.