Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

ABBA revela o que esperar do futuro após show digital 'surreal e fabuloso'

Na turnê do disco Voyage, ABBA faz show digitais com as versões jovens de Benny Andersson, Agnetha Fältskog, Anni-Frid Lyngstad e Björn Ulvaeus

Redação Publicado em 27/05/2022, às 08h52

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Capa de Voyage, disco do ABBA (Foto: Reprodução/Twitter)
Capa de Voyage, disco do ABBA (Foto: Reprodução/Twitter)

ABBA revelou o que esperar do futuro da banda após show digital considerado "surreal" e "fabuloso" na última quinta, 26. Formado por Benny Andersson, Agnetha Fältskog, Anni-Frid Lyngstad e Björn Ulvaeus, o grupo foi junto visto em público pela última vez há 36 anos - e voltaram em 2022 para turnê com versões digitais deles mesmos.

Em entrevista ao NME, ABBA comentou no tapete vermelho da turnê Voyage sobre o que os fãs podem esperar. "É fantástico. Realmente ansiosa para ver o show novamente. Vi uma vez na noite de segunda-feira, e é apenas esse sentimento, você quer ver de novo e de novo porque há tantos detalhes que você não pode compreender vendo apenas uma vez," afirmou Lyngstad.

+++LEIA MAIS: ABBA: O que faz o disco Voyage tão especial?

"Também quero ver a reação do público novamente, porque eles estavam de pé, batiam palmas, cantavam, dançavam. Tiveram um momento absolutamente fabuloso," adicionou a cantora. Já Ulvaeus disse como era “um pouco surreal” ver as versões digitais da era disco da banda no palco, "mas você se acostuma. Afinal, nos vimos em fotos e vídeos da época quase diariamente por 40 anos."

O cantor também compartilhou a ideia original responsável por original o show digital,  e observou como após os “hologramas” não terem dado certo, os integrantes do ABBA decidiram então fazer cópias digitais de si mesmos porque acharam essa ideia algo "irresistível."

+++LEIA MAIS: ABBA: Björn Ulvaeus acredita que reunião do grupo é um ‘risco imenso’

"Quando decidimos fazer esse projeto, pensamos que talvez devêssemos ter algumas músicas novas no programa," acrescentou Anni-Frid Lyngstad. A artista explicou como a novas músicas foram a principal razão pela qual eles voltaram. Em seguida, NME perguntou se a apresentação virtual é uma espécie de presente de despedida da banda.

Acho que é isso. É triste dizer isso, mas, novamente, você sempre pode voltar atrás, não pode? Então a resposta é, pode ser sim, pode ser não," confessou Björn Ulvaeus