Adam Levine comenta polêmica de Olivia Rodrigo e Paramore: 'Deviam ter compaixão'

Vocalista do Maroon5, Adam Levine comenta polêmica de acusações de plágio em "good 4 u"

Redação Publicado em 27/08/2021, às 15h48

None
Adam Levine (Foto: Getty Images / Rich Polk / Correspondente) | Olivia Rodrigo na capa de Sour (Foto: Reprodução)

Nos últimos dias, a música "good 4 u", da cantora Olivia Rodrigo, foi muito comentada nas redes sociais por uma série de acusações de que o hit teria plagiado "Misery Business," da banda Paramore. Desde o lançamento original, a melodia da canção de 2021 foi muito comparada com o sucesso dos anos 2000, via Popline.

Good 4 u” foi, de fato, considerado um sample de "Misery Business". Para evitar a acusação de plágio, Olivia Rodrigo creditou os artistas compositores, Hayley Williams e Josh Farro, ex-guitarrista do Paramore em sua canção. No entanto, Adam Levine, vocalista do Maroon5, veio em defesa da jovem artista para dizer que não concorda com esse tipo de situação.

+++ LEIA MAIS: Como sucesso de 'Good 4 U', da Olivia Rodrigo, é bom para o rock?

"Tem sempre um drama sobre Olivia Rodrigo. Agora com a música de Elvis Costello e a do Paramore que parece com a deles. Olha, são coisas complicadas, todos que escrevem músicas sabem que você se inspira, faz o mix da canção, aí tem o lançamento e, então, um processo. É uma coisa natural de acontecer," explicou.

Ele continuou: "Às vezes fica feio, às vezes é requerido que a pessoa tome ações legais, às vezes não é necessário tomar ações legais. Eu acho que se tornou uma área cinzenta. Está estranho e feio por esses dias. Mas o caso de ‘Blurred Lines’ mudou o jogo," explicou referenciando o hit de Robin Thicke, quem precisou pagar US$ 5 milhões pelos direitos de Marvin Gaye.

+++LEIA MAIS: Olivia Rodrigo ecoa dores de romances trágicos e desfruta da estética do bedroom pop em Sour [REVIEW]

Para o vocalista do Maroon 5, deveria existir uma compreensão maior em relação aos jovens artistas, os quais buscam referências e se inspiram em outros trabalhos até que tenha uma discografia mais singular. 

"Sem dar minha opinião em sobre o quão longe isso chegou, eu acho que poderia ter mais compaixão, entendimento, e tentar achar uma maneira… Música é uma coisa criativa e eu odeio ver isso ser esmagado por quando a pessoa é uma artista nova e ela está emulando coisas que a nova geração é movida, eu não sei o quanto isso é ruim," comentou. Ainda, refletiu:

+++LEIA MAIS: Vocalista do Simple Plan transforma 'drivers license', de Olivia Rodrigo, em pop punk icônico; ouça

[...] Odeio ver isso se tornar essa grande coisa onde as pessoas ficam agressivas sobre. Eu não sei, talvez eu não seja desse território. Em relação a essas coisas, chego a ficar lisonjeado quando alguém se inspira da minha arte. Tenho certeza que me inspiro em outras pessoas também. Isso é música, é uma coisa linda. 

Assista à declaração do artista:

+++LEIA MAIS: 5 recordes impressionantes de Olivia Rodrigo com Sour: estreia espetacular, três músicas na Billboard e mais [LISTA]


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!