Advogado de Britney Spears diz que pai da cantora 'é viciado em jogos' e tem 'zero histórico financeiro'

O advogado de Britney Spears, Matthew Rosengart, criticou alegações de Jamie Spears em meio à batalha judicial da tutela

Redação Publicado em 29/09/2021, às 15h23 - Atualizado às 17h46

None
Britney Spears em 2013 (Foto: Jason Merritt/Getty Images)

O advogado de Britney Spears, Matthew Rosengart, criticou alegações de Jamie Spears, quem tem a tutela da cantora desde 2008, dizendo que o pai da estrela pop é "alcoólatra e viciado em jogos," segundo informações do NME

Jamie Spears pode ser removido da tutela da artista durante uma audiência no Tribunal Superior de Los Angeles, marcada para esta quarta, 29. Nesta terça, 28, porém, o pai da cantora apresentou documentos judiciais se opondo à nomeação de um responsável temporário após a saída dele.

+++LEIA MAIS: Britney Spears: Pai da cantora é investigado pelo FBI por abuso em tutela

 "Sr. Spears não foi e não deve ser suspenso, especialmente porque a tutela deve ser encerrada em breve. Além disso, todas as partes consentiram com a rescisão da Tutela. Supondo que o Tribunal concorde com as partes e rescinda a Tutela, a Petição para Tutor Temporário deve ser negada," descreve os novos documentos. 

John Zabel foi o nome sugerido para substituir o pai da cantora na tutela. Nos novos relatos de Rosengart, porém, o novo tutor é descrito como "altamente estimado, reconhecido nacionalmente e premiado com um histórico impecável de servir em posições de confiança."

+++LEIA MAIS: Britney Spears: Ex-assistente relembra turnê com cantora: ‘Não me deixavam ter uma conversa sozinha com ela’

Mathew S. Rosengart respondeu às alegações feitas sobre Zabel em uma nota de rodapé de um processo judicial, criticando Jamie Spears: "[Isto está] em total contraste com o Sr. Spears, um suposto alcoólatra e viciado em jogos, com zero histórico financeiro ou experiência em questões financeiras, que anteriormente entrou com pedido de falência e tem uma ordem de restrição de violência doméstica atualmente em vigor contra ele."

Inclusive, o pai de Britney Spears, Jamie Spears, está sendo investigado pelo FBI devido à tutela da filha, segundo informações do Deadline, publicadas nesta segunda, 27, de setembro. A ação judicial é movida por suspeita de abuso de poder. 

+++LEIA MAIS: A Batalha por Britney Spears aposta no drama e não entrega tese concreta [REVIEW]


Tutela de Britney Spears

Em uma audiência de tutela em junho, Britney Spears acusou o pai e a tutela de controlar opressivamente as próprias finanças, negócios e decisões pessoais, e o próprio corpo; ela disse ao tribunal que lhe foi prescrito lítio contra sua vontade e não tinha permissão para se casar, ter outro filho ou ter o próprio DIU removido.

"Tudo que eu quero é ter meu dinheiro... E que isso acabe... E meu namorado seja capaz de me levar em seu carro. E honestamente… Quero poder processar minha família," disse Britney durante a audiência. Ela acrescentou: "Realmente acredito que essa tutela é abusiva."

+++LEIA MAIS: Britney Spears é acusada de agredir funcionária; entenda