AMA 2021: 5 performances incríveis da premiação - Olivia Rodrigo, BTS e mais [LISTA]

O American Music Awards - AMA 2021 - aconteceu no último domingo, 21, em Los Angeles e contou com inúmeras performances incríveis

Julia Harumi Morita Publicado em 22/11/2021, às 10h17

None
Capa SOUR, Olivia Rodrigo (Foto: Reprodução) e BTS em 2020 (Foto: Noam Galai/Getty Images)

O American Music Awards aconteceu no último domingo, 21, em Los Angeles e celebrou os artistas mais populares da indústria da música. O grupo de k-pop BTS, a rapper Megan Thee Stallion e a cantora Doja Cat foram alguns dos grandes vencedores e levaram três prêmios cada.

A premiação também contou inúmeras performances, entre elas, de Olivia Rodrigo, BTS, Maneskin, Jennifer Lopez, Tyler, The Creator e mais. Pensando nisso, separamos cinco performances incríveis da cerimônia. Confira:

+++ LEIA MAIS: BTS: 'My Universe' é 3º música do grupo a alcançar topo da parada norte-americana em 2021

Olivia Rodrigo

Além de ganhar a categoria Artista Revelação, Olivia Rodrigo também apresentou "Traitor," uma das faixas do disco de estreia da artista, Sour (2021).


BTS

O BTS subiu duas vezes no palco do AMA, sendo a primeira delas junto com a banda Coldplay. O grupo de k-pop apresentou a parceira "My Universe" em uma performance descontraída - mais tarde, cantou "Butter".

+++ LEIA MAIS: Quem é Olivia Rodrigo: família, carreira, Sour e mais [LISTA]


Bad Bunny, Tainy e Julieta Venegas

Bad Bunny chamou atenção com uma performance de visuais impressionantes. Em uma atmosfera de ficção científica, o músico apresentou "Lo Siento BB:/" ao lado de Tainy e Julieta Venegas.


Silk Sonic

Silk Sonic, duo formado por Bruno Mars e Anderson Paak, também subiu no palco e fez uma performance contagiante da recém-lançada “Smokin Out The Window,” do disco An Evening with Silk Sonic (2021).

+++ LEIA MAIS: Silk Sonic: Trabalhar com Bruno Mars é ‘como trapacear,’ diz Anderson Paak


Chloë

Chloe Bailey foi outra surpresa. A artista em ascensão apresentou o hit "Have Mercy,” apostando em uma entrada dramática e coreografias ousadas - e muito bem executadas!