Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Amy Winehouse: relembre os locais favoritos da cantora em Londres [LISTA]

Após a morte de Amy Winehouse, Londres ganhou notoriedade, especialmente em Camden Town, último bairro onde a cantora viveu

Emanuela Lemes (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 27/12/2022, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Amy Winehouse (Foto: Matt Dunham / AP)
Amy Winehouse (Foto: Matt Dunham / AP)

Após anos se qualificando e preparando seus talentos para serem mostrados ao mundo, Amy Winehouse compôs suas primeiras músicas e começou a se apresentar nos pequenos clubes de jazz de sua cidade natal. De grande e inesquecível talento, logo foi notada por grandes gravados e em 2003 lançou Frank (2003), disco em que as pessoas puderam sentir e conhecer a voz e talento da artista.

Mas foi com o álbum Back to Black(2006) que a artista ganhou notoriedade e seria para sempre lembrada por sua poderosa e potente voz, que marcou o soul, o jazz, o R&B e outros ritmos, vendendo mais de dez milhões de cópias no mundo todo. A primeira música de trabalho, "Rehab", era Amy Winehouse em sua essência: tiradora de sarro, desafiadora, autodepreciativa e, de certa forma, esperançosa. 

+++ LEIA MAIS: Amy Winehouse transformou sua dor e angústia em jazz, mas ela não era só isso [ANÁLISE]

No entanto, a fama desenfreada teve seu preço, e a exposição sofrida por Amy Winehouse devido ao crescimento vertiginoso de sua fama e a obrigação de excursionar para divulgar o álbum dela aceleraram o seu declínio. A artista britânica morreu aos 27 anos, idade conhecida como “Forever 27 Club”, em decorrência do uso abusivo de álcool.

Após sua morte, Londres ganhou notoriedade, especialmente o bairro de Camden Town, último bairro onde Amy morou. O lugar descolado e vintage é conhecido por suas lojas alternativas, cercado de cafés, bares, brechós e diversas lojas independentes.

+++ LEIA MAIS: Ouça o potente e impactante vocal isolado de Amy Winehouse em 'Rehab'

A Rolling Stone Brasil listou os principais pontos na cidade de Londres em que a cantora frequentava. Confira:

Hawley Arms

No coração de Camden Town, era o pub preferido de Amy Winehouse. O local era muito frequentado por fãs que esperavam um dia esbarrar com a cantora que chegava até a servir os clientes.

Hawley Arms e Amy Winehouse


Camden Market

O maior mercado de Londres onde a cantora comprava acessórios e outros itens. No local você encontra a estátua de Amy, inaugurada em 2014 na data que completaria 31 anos.

+++LEIA MAIS: O dia que Amy Winehouse foi presa por bater em dois homens em um bar [FLASHBACK]

Camden Market e a estátuta de Amy Winehouse


Roundhouse: Chalk Farm Road, NW1 8EH

Construído no ano de 1846, na década de 60 o local foi projetado para se tornar um centro cultural permanente que após diversas mudanças, atualmente abriga instalações artísticas como teatro, arte circense e espaços principalmente para a música. Amy visitava o local para assistir shows e também chegou a receber prêmios.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney se arrepende de não ajudar Amy Winehouse; entenda

Amy Winehouse no Roundhouse


30 Camden Square, NW1 9XA

O endereço é o último local em que a cantora morou. Amy foi encontrada morta na residência há onze anos. O sobrado que não pertence mais a sua família ainda é um dos pontos turísticos de Camden Town. Alguns fãs e apreciadores da cantora ainda passam por lá para prestar homenagens, deixando flores, cartazes e bebidas alcoólicas.

Casa de Amy Winehouse