Beatles: Como banda criou um dos principais hits, ‘Hey Jude’?

Relembre os processos criativos de um dos grandes clássicos da discografia dos Beatles

Redação Publicado em 29/08/2021, às 18h00

None
Beatles (Foto: Getty Images / Equipe)

Como era de se esperar, "Hey Jude" não foi criada com os Beatles pensando sobre como seria a receptividade da canção nas rádios. O sucesso aconteceu, em sua grande maioria, de modo orgânico, especialmente pela magnificência do Quarteto de Liverpool, que, neste momento, já havia estabelecido sua identidade, via Ultimate Classic Rock.

Em "Hey Jude," Paul McCartney escreveu uma canção para o filho de cinco anos de John Lennon, Julian, para consolar o único filho do companheiro de Beatles com a primeira esposa, Cynthia, após o músico os deixar para uma nova vida com Yoko Ono. Esse era o intuito inicial da lírica, mas logo se transformou em algo mais, como pontua o Ultimate Classic Rock

+++LEIA MAIS: Beatles: George Harrison estava 'de saco cheio' da banda e escreveu música sobre frustração

A criação do clássico "Hey Jude" começou durante a gravação do White Album (1968), quando os Beatles começaram a se distanciar; o estresse de estar na maior banda do mundo passou a ter um peso enorme nas vidas pessoais e profissionais, mudando até mesmo algumas dinâmicas de composições.

Segundo lembra o Ultimate Classic Rock, as canções dos Beatles eram frequentemente gravadas separadamente ou com cada integrante sendo o músico de apoio para o companheiro de banda. No entanto, é claro, apesar de tantos problemas, os quatro artistas sabiam como fazer música de forma espetacular enquanto grupo. "Hey Jude" prova isso.

+++LEIA MAIS: Por que os Beatles foram banidos da África do Sul?

Após o relacionamento de Lennon e Ono, McCartney fez uma visita a Cynthia e Julian em junho de 1968. No caminho, o músico escreveu "Hey Jules" com a intenção de confortar o menino. Contudo, a mensagem de esperança era tão identitária que o próprio Lennon pensou ser uma maneira de 'abençoar' a nova - e controversa - relação dele, via informações do UCR.

Conforme relata o UCR, logo depois da composição, o título da faixa mudou e McCartney teve uma nova música para somar à discografia dos Beatles. Mais tarde, a canção seria creditada à icônica parceria Lennon-McCartney.

+++LEIA MAIS: O dia em que os Beatles se apresentaram pela última vez no Cavern Club [FLASHBACK]

Depois de alguns dias de ensaios no EMI Studios, a faixa foi oficialmente gravada no Trident Studios de Londres em 31 de julho e 1º de agosto, bem em meio às sessões do White Album. Para a canção, os quatro Beatles ocuparam costumeiras posições - McCartney no piano, Lennon no violão, George Harrison na guitarra e Ringo Starr na bateria.

Juntos, fizeram quatro takes de "Hey Jude", sendo a primeira a escolhida. No dia 26 de agosto de 1968, a faixa chegou ao público - e se tornou um dos maiores hits da história dos Beatles. A canção estreou na Billboard Hot 100 em 14 de setembro e alcançou o primeiro lugar apenas duas semanas depois; permaneceu lá por nove semanas, duas a mais que "I Want to Hold Your Hand" (1964).

+++ LEIA MAIS: Por que John Lennon levou anos para considerar George Harrison como igual?


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!