Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Beatles: Como Paul McCartney impediu fim da banda após dois discos?

Atitude de Paul McCartney nas gravações impediu os Beatles de acabar após dois discos, afirmou o baterista Ringo Starr

Redação Publicado em 30/12/2022, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
The Beatles (Foto: AP Images)
The Beatles (Foto: AP Images)

Com diversas músicas e hits de sucesso, os Beatles lideram a lista de artistas mais vendidos de todos os tempos. Mas, segundo Ringo Starr, a banda britânica teria apenas dois discos se Paul McCartney não pressionasse os colegas "preguiçosos" a trabalharem mais.

O baterista contou à rádio KMRS como alguns membros pensavam “Oh, não, de novo não!” quando eram coagidos a voltarem ao estúdio, mas se divertiam quando gravavam: “Quando nós quatro tocávamos, era, simplesmente, o melhor lugar do planeta para estar.” (Via Ultimate Classic Rock)

+++LEIA MAIS: Beatles: Paul McCartney lamenta nunca ter dito a John Lennon que o amava

Disse isso a Paul [McCartney] - ele conhece essa história. Fizemos três vezes mais músicas do que jamais faríamos sem ele, porque ele é um workaholic e ama produzir mais. Quando chegávamos lá, adorávamos, claro, mas [no começo], pensávamos 'Oh, não, de novo não!'”

Na entrevista, Starr descreveu os Beatles como “a melhor banda do mundo." O integrante do Fab Four relembrou como se sentia ao tocar com os amigos e também admitiu não pensar mais nos falecidos companheiros de banda, John Lennon e George Harrison, diariamente. 

+++LEIA MAIS: Beatles: Qual é o nome verdadeiro de Ringo Starr? E por que ele adotou nome artístico?

Isso não significa que não os amo, mas alguns dias você está concentrado em outras questões. Em certos momentos, a saudade me acerta em cheio. Sinto falta de Beatles. Sou filho único, mas tinha três irmãos.”

Faixa 'Yesterday', dos Beatles, quase não saiu do papel 

Yesterday”, além de ser a música dos Beatles com mais covers, é responsável por inspirar um filme com mesmo nome e considerado um dos hits mais marcantes da banda britânica. Para os fãs, imaginar um mundo sem a composição icônica é difícil. Mas, os Fab Four questionaram se deveriam lançá-la.

+++ LEIA MAIS: Beatles: Quais as melhores músicas do Fab Four, segundo Michael Jackson?

Quando Paul McCartney criou o clássico “Yesterday,” tocou para o máximo de pessoas possível. Não porque buscava críticas, mas para saber se alguém a reconhecia, em uma tentativa de descobrir se realmente a escreveu ou se roubou acidentalmente de outro compositor. Confira mais detalhes clicando aqui!