The Beatles - Get Back: Documentário revela 'único arrependimento' de John Lennon

Conversa 'secreta' disponível no documentário revela arrependimento de John Lennon no tempo com a banda

Redação Publicado em 26/11/2021, às 11h42 - Atualizado em 05/12/2021, às 15h30

None
John Lennon em 1972 (Foto: AP Images)

Uma conversa secreta apresentada no novo documentário dos Beatles, The Beatles: Get Back, produção de Peter Jackson, revela o "único arrependimento" de John Lennon sobre o tempo dele ao lado do Quarteto de Liverpool, via The Independent

Apresentado na segunda parte das gravações de sete horas de Peter Jackson, o momento ocorre durante uma conversa secretamente gravada nos dias após George Harrison deixar a banda. Lennon, após recusar-se a atender ligações, chega ao estúdio, onde os Beatles estavam escrevendo canções para o que seria a última apresentação ao vivo e gravação juntos.

+++LEIA MAIS: John Lennon escreveu música para confundir os fãs dos Beatles no White Album - e tudo bem ainda ficar confuso 50 anos depois

McCartney e Lennon se encontraram longe das câmeras com o intuito de discutir as crescentes frustrações de Harrison com os processos de composição - mas as legendas informam ao público: "Eles não sabem que os cineastas plantaram um microfone escondido em um vaso de flores."

Em meio à conversa, os dois começaram a discutir as altas expectativas de McCartney em relação às composições para os Beatles com ele dizendo a Lennon sobre como gostaria que ele e Harrison pudessem ter lutado um pouco quando ele fez certas exigências sobre onde ele acreditava que uma música deveria ir.

+++LEIA MAIS: Beatles: 6 músicas dos Fab Four que John Lennon odiava [LISTA]

"Agora, o [meu] único arrependimento sobre os números passados é quando, por estar com tanto medo, permiti que você levasse para algum lugar onde eu não queria. E então, minha única opção era deixar George assumir, ou interessar George nisso," respondeu John Lennon, revelando como gostaria que o processo de colaboração entre os integrantes fosse melhor aproveitado. 

"Se você me der suas sugestões, deixe-me rejeitá-las e escolher a que gosto, é onde está meu lado compositor. O mesmo vale para os arranjos, porque houve um período em que nenhum de nós poderia realmente dizer nada sobre os seus arranjos, porque você rejeitaria tudo. Muitas vezes você estava certo - e muitas vezes você estava errado," disse Lennon a McCartney

+++LEIA MAIS: The Beatles: Get Back: Peter Jackson defende tempo de duração do documentário; entenda


Tudo sobre The Beatles: Get Back

Com acesso a quase 60 horas de material gravado, o cineasta Peter Jackson mostra os bastidores das gravações dos Beatles para o álbum Let It Be (1969), o último da banda, através de imagens inéditas de bastidores. Dividida em três partes, a produção chegou ao Disney+ em 25, 26 e 27 de novembro.