Billie Eilish revela diagnóstico de covid-19: 'Se não tivesse vacinada, teria morrido'

Diagnosticada com covid-19 no início do ano, Billie Eilish falou sobre os sintomas e a recuperação dela

Redação Publicado em 14/12/2021, às 09h01

None
Billie Eilish (Foto: Reprodução /Twitter)

Billie Eilish revelou que foi diagnosticada com covid-19 no início de 2021. Em entrevista ao programa de Howard Stern, a cantora pop falou sobre os sintomas e a lenta recuperação dela. (Via NME)

“Foi ruim. Quer dizer, não morri e não ia morrer, mas isso não tira o quanto foi miserável. Quer dizer, foi terrível. Ainda tenho efeitos colaterais. Eu fiquei doente por, tipo, quase dois meses," contou a artista.

+++ LEIA MAIS: 007 - Sem Tempo Para Morrer: Por que Daniel Craig inicialmente não aprovou música de Billie Eilish?

Eilish continuou: “Quando digo que foi ruim, estou apenas querendo dizer que foi horrível. Mas realmente, no esquema da covid, não foi ruim. Você sabe o que quero dizer? Quando você está doente, você se sente horrível pra c*r*lho."

A artista também falou sobre a importância da vacina para a recuperação dela. Eilish acredita que não conseguiria ter sobrevivido sem a imunização. “Quero que fique claro que é por causa da vacina que estou bem. Acho que se não tivesse vacinada, teria morrido, porque foi ruim."

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish lança modelo vegano do tênis Air Jordan: 'Experiência surreal'

Billie Eilish

Aos 19 anos, Billie Eilish é um sucesso da música pop norte-americana. Cantora já venceu sete Grammy Awards, sendo três com o disco de estreia When We All Fall Asleep, Where Do We Go?(2019), o qual estreou no topo da Billboard 200. Em 2021, lançou o segundo álbum da carreira, Happier Than Ever, o qual também foi elogiado pela crítica.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por BILLIE EILISH (@billieeilish)