Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Veio aí!

Black Crowes lança primeiro álbum com Chris e Rich Robinson após reconciliação

Com separação em 2015, os irmãos Chris e Rich Robinson voltaram a se falar quando começaram a trabalhar no especial de Shake Your Money Maker (1990)

Chris e Rich Robinson formam o Black Crowes (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)
Chris e Rich Robinson formam o Black Crowes (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Apesar de um passado conturbado com diversos conflitos internos, os irmãos Chris e Rich Robinson resolveram os problemas entre si, reconciliaram-se e lançaram disco inédito pelo Black Crowes na última sexta, 15.

O álbum em questão leva o nome de Happiness Bastards e é o décimo da carreira da dupla. Ao todo, são 10 faixas, como os singles "Wanting and Waiting," "Cross Your Fingers" e "Wilted Rose." Durante entrevista ao The New York Times, os irmãos relembraram o início da carreira, o auge, as brigas e como foi o processo de retorno com o grupo.

+++LEIA MAIS: Nem mesmo o Oasis acreditaria em quanto os irmãos de Black Crowes brigaram - e fizeram as pazes

Vale lembrar como, durante boa parte da década de 2010, Chris e Rich Robinson nem se falavam direito, mas a reconciliação deles ajudou a superar problemas pessoais e profissionais que surgiram ao longo da carreira.

A separação veio em 2015 após Chris exigir uma parcela maior da receita do Black Crowes. "Eu estava tipo, se vocês querem que eu continue fazendo isso, quero receber mais do que todos. Eu sabia que isso iria frear as coisas. Eu queria explodir," afirmou.

+++LEIA MAIS: Na Argentina, membros do Blink-182 conhecem Abaporu e mais obras brasileiras

Tudo começou a mudar em 2019, quando eles começaram a trabalhar nas comemorações de 30 anos do memorável disco Shake Your Money Maker (1990). "Eu estava escrevendo músicas e pensei: ‘Cara, eu adoraria ouvir Chris cantar nisso,'" relembrou Rich.

E eu mencionei isso a um amigo, e ele disse: ‘Chris disse algo semelhante para mim há dois dias.’ Estávamos na mesma sintonia.

Apesar de se considerarem "completamente opostos," os artistas agora possuem um entendimento, visto que "tudo foi anteriormente construído com base em mal-entendidos." Inclusive, Chris destacou como a esposa dele, Camille, também responsável pela arte de Hapiness Bastard, o ajudou a refletir sobre a relação com o irmão.

Uma das coisas mais inspiradoras sobre o nosso amor foi ela ser capaz de dizer: 'Vamos conversar sobre você e seu irmão. Vamos conversar sobre o que foi e o que poderia ser.'

+++LEIA MAIS: Professora de Billie Eilish reage à menção no Oscar: 'Espantada'

Muito antes de Hapiness Bastard ser uma ideia concreta, Black Crowes teria uma turnê de reunião em 2020, mas a série de shows foi adiada por um ano em decorrência da pandemia de Covid-19. Então, durante a crise sanitária, Rich enviava músicas inéditas ao irmão. Em 2023, a banda foi até Nashville gravar o álbum com produção de Jay Joyce.

Inclusive, ao aceitar o convite para produzir o disco, Joyce revelou como "esperava drama e brigas, mas havia muito pouco." As 10 canções foram gravadas em poucas semanas: "Era à moda antiga: todos na mesma sala, sem faixas de clique, sem besteira. É raro fazer um disco como esse hoje em dia. Eles são uma raça em extinção."

+++LEIA MAIS: Lollapalooza: número de artistas nacionais no line-up triplica desde estreia do festival no Brasil

Os artistas perceberam a mudança no relacionamento deles quando foram promover Happiness Bastards em um evento em Burbank. "No passado, eu pensava, por que Rich não está aqui comigo? E ele diria: 'Por que Chris é tão barulhento e caótico?' Agora, nós nos amamos por quem somos."

Não vivemos como costumávamos. Entramos no ônibus, ouvimos música, jogamos Gin Rummy e vamos dormir. Chega de loucura até as seis da manhã.