Blink-182: Mark Hoppus é 'grato' pela saúde após batalha contra câncer: 'Abençoado'

Mark Hoppus deu notícias sobre sua saúde a a vida após o câncer e falou sobre o futuro do Blink-182 em entrevista

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 26/11/2021, às 16h01

None
Mark Hoppus, do Blink-182 (Foto: Correy Perrine/Getty Images)

Fundador, cantor e baixista da banda de rock norte-americana Blink-182, Mark Hoppus confirmou o diagnóstico de câncer em junho de 2021. Mais de um ano após a triste notícia, o músico anunciou que estava livre do linfoma difuso de grandes células B. Agora, em comemoração ao Dia de Ação de Graças, feriado dos Estados Unidos, declarou como se sente "grato" pela saúde em recuperação.

Hoppus foi ao Instagram para discutir a própria saúde. "Tenho muitos motivos para ser grato hoje. Essa foto é de junho, na metade da quimioterapia, não sabia se estava funcionando ou não, no chão do banheiro, com náuseas. Se eu reclamar de qualquer coisa trivial ou não importante no futuro, por favor me mostrem essa foto para me lembrar de como as coisas podem ser ruins, e como sou abençoado."

+++LEIA MAIS: Blink-182: Tom DeLonge e Mark Hoppus se reaproximam depois de seis anos da mudança da banda

Para finalizar, o baixista escreveu: "Espero que todos vocês tenham um ótimo dia com amigos e familiares. Feliz Dia de Ação de Graças." Confira a publicação abaixo: 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Mark Hoppus (@markhoppus)


De acordo com informações do NME,Hoppus também discutiu o futuro do Blink-182 em entrevista. O músico explicou como a banda está aberta ao possível retorno do ex-líder, Tom DeLonge, pois a dupla se reconectou após o diagnóstico do baixista. "Não falamos muito sobre, mas estou aberto a qualquer coisa no futuro. Não sei se funcionaria, nós quatro. Vamos voltar a morar na mesma casa?," disse à revista GQ.

+++LEIA MAIS: 'Super-herói de verdade', diz Tom DeLonge sobre batalha de Mark Hoppus contra câncer

Falando sobre a reconciliação, DeLonge explicou como voltou a contatar Hoppus, pois precisava que assinasse algo relacionado a seu divórcio. "Por meio daquela ligação, fiquei sabendo do câncer. Ele me contou por telefone. Eu falei: 'Calma, o quê?' E estávamos nos falando a cada dois meses, algumas mensagens. Agora, falamos várias vezes ao dia."