Cardi B revela 'dificuldades técnicas' para gravar próximo disco; entenda

Último álbum de estúdio de Cardi B foi Invasion of Privacy, lançado em 2018

Redação Publicado em 18/05/2022, às 12h56

None
Cardi B (Foto: Rich Fury / Correspondente)

Belcalis Marlenis Almánzar, rapper mais conhecida pelo mundo como Cardi B, revelou aos fãs como enfrenta "dificuldades técnicas" para gravar próximo disco de estúdio, sucessor do álbum de estreia Invasion of Privacy, lançado em 6 de abril de 2018, segundo informações do NME.

Embora o lançamento do disco tenha sido prejudicado pela pandemia de coronavírus, Cardi B disse aos seguidores no Instagram, em dezembro de 2021, como pretende lançar o novo álbum ainda em 2022. Em janeiro deste ano, a estrela compartilhou como estava trabalhando em novas músicas em um "estúdio do gueto."

+++LEIA MAIS: You: Cardi B na 4ª temporada? Penn Badgley comenta possibilidade

Em publicação para os seguidores no Twitter na última terça, 17, a rapper abordou as preocupações dos fãs sobre a falta de novas músicas. "Vi muitos de vocês falando me*** como: 'Oh, ela não nos alimenta...'", afirmou. "Mas eu realmente tive dificuldades técnicas com meu último projeto. Não tive uma, nem duas, mas umas três na música que eu tenho trabalhado… Precisava feito e cuidado antes de eu lançar."

Em seguida, Cardi B fez uma promessa: "Quando as coisas forem lançadas, é quando falarei sobre isso. Não é nada, tipo, grande ou louco. Sim, vamos descobrir porque eu sei, eu sei, eu sei, eu sei como vocês querem isso - e eu vou dar a vocês, beleza? Beleza."

+++LEIA MAIS: Cardi B, Barões da Pisadinha e mais: as 20 músicas mais ouvidas no streaming no Brasil em 2021


Cardi B ganha US$ 4 milhões em processo por difamação

A rapper Cardi B ganhou US$ 4 milhões em um processo judicial contra a youtuber Tasha K, acusada de difamação e invasão de privacidade. A ação legal começou em 2019 após a blogueira compartilhar vídeos com “rumores maliciosos”. (Via The Guardian)

Latasha Kebe, conhecida como Tasha K, afirmou que Cardi B era uma prostituta, usava cocaína e contraiu infecções transmissíveis, além de declarar que o filho da rapper tinha deficiências intelectuais.

+++ LEIA MAIS: Cardi B responde declaração de Mc Dricka de que rapper supostamente era paga para ouvir funk brasileiro; entenda

De acordo com o documento oficial, Cardi B enviou cartas para Kebe retirar os vídeos do canal no Youtube, porém a ação não foi realizada.

Do valor total garantido à Cardi B, US$ 25 mil correspondem aos gastos médicos da rapper, que afirmou ter tido pensamentos suicidas após o compartilhamento das notícias falsas, e US$ 1,3 milhões aos custos com taxas legais.

+++ LEIA MAIS: You: Cardi B na 4ª temporada? Penn Badgley comenta possibilidade

Kebe chegou a se manifestar no Twitter e dizer: 'Meu marido, advogado [sic] e eu lutamos muito. Quero agradecê-los por suas longas horas e noites sem dormir...'"