Cazuza: 'O Tempo Não Para' é relançado com versões inéditas; ouça

Clássico brasileiro é relançado quase 35 anos depois, com 7 gravações inéditas do show de Cazuza no Canecão (RJ); cantor faria 64 anos nesta segunda (4)

Redação Publicado em 04/04/2022, às 11h34

Cazuza completaria 64 anos nesta segunda (4)
Reprodução

Quase 35 anos após seu lançamento, o álbum O Tempo Não Para, de Cazuza, vai ganhar uma nova edição. O material chega às plataformas digitais nesta segunda (4), com sete faixas inéditas, gravadas no icônico show do cantor no Canecão (RJ) em outubro de 1988. Dentre as novidades estão versões de "Eu Preciso Dizer Que Te Amo" e "Brasil".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Cazuza (@cazuza.oficial)

 

O relançamento dá início às comemorações dos 65 anos, que Cazuza completaria exatamente em 4 de abril do próximo ano. Além do formato digital, O Tempo Não Para - Show Completoganhará versão em Áudio Espacial (Dolby Atmos) e uma edição especial em CD físico (Deluxe), com surpresas para os fãs e colecionadores.

Lançado em dezembro de 1988, o disco original contava com 10 faixas, deixando de fora outras versões por falta de espaço no vinil original. Agora, a edição digital recupera as gravações das duas músicas já citadas, mais "Vida Fácil", "Mal Nenhum", "Completamente Blue", "A Orelha de Eurídice" e "Blues da Piedade" - que ganha clipe inédito com imagens do show e intervenções visuais.

Cazuza em 'O Tempo Não Para' (Reprodução)
Cazuza em 'O Tempo Não Para' (Reprodução)

 

Dos pontos altos do disco está uma faixa-bônus, com o discurso de Cazuza sobre o país pós ditadura militar. “Eu me arrependi quando fiz essa música ["Ideologia"], peço desculpas. Aquele garoto que ia mudar o mundo pode continuar a mudar o mundo, em qualquer idade. A gente muda e, se a gente muda, o mundo pode mudar também!”.

O relançamento integra a campanha REVIVA CAZUZA, iniciativa de Lucinha Araújo, mãe do artista, e da Sociedade Viva Cazuza, que retrabalha a obra e imagem do poeta. O show O Tempo Não Parateve direção de Ney Matogrosso e direção musical de Nilo Romero.

"O Tempo Não Parafoi um show carregado de muita emoção e comoção; foi um abraço dos fãs do Cazuza em um momento único em sua vida e na de todos nós que o amamos", diz Lucinha, "Cazuza vive e revive para sempre em muitos corações”.

Confira abaixo a lkista de músicas completas de O Tempo Não Para - Show Completo

1. Vida Louca Vida - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Bernardo Vilhena / Lobão)
2. Boas Novas - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Cazuza)
3. Ideologia - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Roberto Frejat / Cazuza)
4. O Nosso Amor A Gente Inventa (Estória Romântica) - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Rogerio Meanda / João Rebouças / Cazuza)
5. Completamente Blue - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (George Israel / Rogerio Meanda / Nilo Romero / Cazuza) - *INÉDITA
6. Vida Fácil - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (Cazuza / Roberto Frejat) - *INÉDITA
7. A Orelha de Eurídice - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (Cazuza) - *INÉDITA
8. Blues da Piedade - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (Cazuza / Frejat) - *INÉDITA
9. Todo O Amor Que Houver Nessa Vida - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload
(Roberto Frejat / Cazuza)
10. Codinome Beija-Flor - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Reinaldo Arias / Cazuza / Ezequiel Neves)
11. Preciso Dizer Que Te Amo - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (Dé / Bebel Gilberto / Cazuza) - *INÉDITA
12. Só As Mães São Felizes - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Cazuza / Roberto Frejat)
13. Mal Nenhum - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (Cazuza / Lobão) - *INÉDITA
14. Brasil - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 (George Israel / Nilo Romero / Cazuza) - *INÉDITA
15. Exagerado - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Ezequiel Neves / Leoni / Cazuza)
16. O Tempo Não Pára - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Arnaldo Brandao / Cazuza)
17. Faz Parte Do Meu Show - Ao Vivo No Rio De Janeiro / 1988 / Reload (Cazuza/ Renato Ladeira)

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Cazuza (@cazuza.oficial)

 

.