Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Polêmica

CEO do Spotify “deveria ser retirado e baleado”, diz Dee Snider

Vocalista do Twisted Sister comentou sobre os problemas de lucro que artistas tem atualmente com as plataformas digitais - especialmente o Spotify

Redação Publicado em 21/12/2023, às 14h45

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Dee Snider (Foto: Getty Images)
Dee Snider (Foto: Getty Images)

Dee Snider, vocalista do Twisted Sister, disse que o executivo do Spotify “deveria ser retirado e fuzilado” em um recente discurso retórico sobre o CEO da plataforma de áudio, Daniel Ek, por compensar artistas injustamente, conforme transcrito por Blabbermouth. O comentário foi feito em uma nova entrevista para o podcast do YouTube The Jeremy White Show.

+++ LEIA MAIS: Membros do Kiss e do Twisted Sister se envolvem em polêmica sobre transfobia

Nos últimos anos, o Spotify tem sido alvo de críticas por vários motivos, incluindo a participação nos lucros da plataforma por parte dos artistas. A crítica inicial de Snider referia-se a uma entrevista amplamente divulgada em 2020, na qual Ek disse que “você não pode gravar música uma vez a cada três ou quatro anos e pensar que isso será o suficiente” (via consequence.net).

Aquele cara do Spotify... [Daniel Ek, CEO da plataforma] ele deveria ser retirado e baleado. Quando ele ouviu que os artistas estavam reclamando do pouco que recebemos, sua resposta foi 'faça mais música' - como se estivéssemos produzindo latas de Coca-Cola. Basta [aumentar] a produção. [É] um insulto e menosprezo.”

+++ LEIA MAIS: Dee Snider é removido da parada LGBTQ+ de São Francisco por apoiar 'fala transfóbica' de Paul Stanley

Embora Snider estivesse sendo sarcástico no uso das palavras, seu sentimento geral ecoa o de muitos artistas que sentem que estão sendo ignorados pela plataforma. Na conversa, o músico também comentou sobre o lucro - quase nulo - que obtém do Spotify com suas músicas do Twisted Sister.

O licenciamento é a última dádiva de Deus, o último oásis onde você pode realmente ganhar algum dinheiro. Steven Spielberg escolheu 'We're Not Gonna Take It' para a trilha sonora de Jogador Nº 1 (2018). Obrigado, Deus, porque não estou recebendo nada do Spotify.”

Assista à entrevista de Dee Snider para o podcast do YouTube The Jeremy White Show na íntegra abaixo: