Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Como o Rage Against The Machine reagiu ao Rock & Roll Hall of Fame 2023

Após seis indicações, Rage Against the Machine finalmente se consagrou como parte do Rock & Roll Hall of Fame

Rage Against the Machine (Foto: Getty Images)
Rage Against the Machine (Foto: Getty Images)

Rage Against the Machine conquistou a aguardada inclusão no Rock & Roll Hall of Fame (ou Hall da Fama do Rock). A banda formada por Zack de la Rocha, Tim Commerford, Tom Morello e Brad Wilk receberá a honraria após a sexta indicação.

Kate Bush, Sheryl Crow, Missy Elliott, George Michael, Willie Nelson e The Spinners completam a classe de 2023, conforme anuncio feito na última quarta, 3. A cerimônia acontecerá em 3 de novembro, em Nova York. Detalhes da transmissão devem ser anunciados em breve.

"É uma trajetória surpreendente para nós sermos indicados ao Rock & Roll Hall of Fame. Em 1991, quatro pessoas formaram um grupo musical em Los Angeles, uma interseção entre música e solidariedade. Nos chamamos Rage Against the Machine," o grupo afirmou em nota (via Loudwire).

+++ LEIA MAIS: Basta! É hora do Rock & Roll Hall of Fame reconhecer o metal

Integrantes destacaram, mais uma vez, as posições políticas e sociais que os movem, incluindo a luta conta a exploração, a supremacia branca e a máquina de guerra dos Estados Unidos:

"(...) Uma banda que foi alvo de organizações policiais que tentaram nos banir de arenas com ingressos esgotados por usarmos nossa voz para libertar Mumia Al Jamal, Leonard Peltier e outros prisioneiros políticos."

"Uma banda que processou os Estados Unidos pela prática fascista de utilizar nossa música para torturar um homem inocente em Guantanamo Bay. "

"Uma banda que escreveu canções rebeldes em um armazém abandonado para, então, destronar o monopólio pop do X Factor e ocupar o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido, conquistando a música com maior número de downloads na história do país."

+++ LEIA MAIS: Iron Maiden tem 'boas chances' de entrar no Rock & Roll Hall of Fame, diz CEO

"Uma banda cuja experimentação em fundir punk, rock e hip hop se tornou um gênero próprio."

Rage Against the Machine finalizou a nota com agradecimentos à organização por reconhecerem a "música e missão" do grupo. "Somos gratos aos nossos fãs apaixonados, a todas as pessoas talentosas que trabalharam conosco, todos os ativistas, rebeldes e revolucionários que inspiram nossa arte," completou.