Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Dolly Parton lança perucas para cachorros inspiradas no primeiro single da carreira

Inspirada pela faixa "Puppy Love," lançado quando tinha 13 anos, Dolly Parton anunciou linha de perucas para cachorros

Dimitrius Vlahos Publicado em 31/08/2022, às 16h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Dolly Parton (Foto: Reprodução / Netflix)
Dolly Parton (Foto: Reprodução / Netflix)

Dolly Parton, lenda do country, anunciou novo investimento na sua carreira de empresária. A cantora lançou linha de acessórios para cachorros - incluindo perucas, brinquedos, chapéus, colares e outros itens inusitados.

A marca usa um trocadilho com o nome de Dolly e se chama Doggy Parton. "'Puppy Love" foi minha primeira gravação e, seis décadas depois, meu amor por animais é mais forte que nunca. Isso me inspirou a começar minha própria linha, com acessórios, brinquedos e mais," explicou em nota (via Stereogum). A faixa foi lançada quando a cantora tinha apenas 13 anos.

+++LEIA MAIS: Dolly Parton não quis 'causar problema' ao entrar no Hall da Fama do Rock; entenda

Parton ressaltou preocupação com os animais e fará doações com lucro da linha: "Parte dos lucros irá para a Willa B Farms, um abrigo onde animais encontrão amor. Não precisamos todos disso?"

Confira a peruca loira oferecida pela Doggy Parton:

Dolly Parton grava música inédita que será lançada apenas em 2045

O último trabalho lançado por Dolly Parton foi A Holly Dolly Christmas, disco especial de Natal lançado em 2 de outubro de 2020. Por mais que o álbum seja recente, a cantora já gravou uma música inédita, mas ela foi enterrada em uma cápsula do tempo em Dollywood, parque temático da artista, e será lançada apenas em 2045. A informação é do Consequence of Sound.

Parton revelou essa informação no livro Songteller: My Life in Lyrics, publicado em novembro de 2020. Ela falou que a música foi selada em uma caixa de madeira enterrada em DreamMore, resort de Dollywood inaugurado em 2015. De acordo com o NME, a estrela instruiu a equipe a não abrir a cápsula do tempo até 2045, quando o empreendimento fará 30 anos de existência.

+++LEIA MAIS: David Bowie era ‘mais do que um Elvis’ e será lembrado como Beethoven, diz produtor

"Seria uma música que nunca seria ouvida até 30 anos a partir do momento em que abrimos o resort", escreveu Parton no livro. "Eles disseram: 'Você estará morta há muito tempo [quando a cápsula for aberta].' Eu disse: 'Bem, talvez não. Vou fazer 99. Já vi pessoas viverem mais do que isso.'"

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!