Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Pop

Dua Lipa adquire novamente os direitos sob seu acervo musical

Notícia chega dois anos após Dua Lipa romper com a TaP Management, que possuía os direitos de publicação e gravação de todas as músicas da cantora

Emanuela Lemes | @emanuelalemes Publicado em 08/11/2023, às 10h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Dua Lipa (Foto: Theo Wargo/Getty Images)
Dua Lipa (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

Dua Lipa garantiu os direitos do seu catálogo de músicas em novo acordo com a sua editora anterior, a TaP Management. Ambos trabalharam juntos por mais de oito anos antes de romperem o contrato no início de 2022. O pai da artista, Dukagjin Lipa, é seu empresário desde então.

+++ LEIA MAIS: Zara Larsson lança própria gravadora e adquire seu acervo musical

Em comunicado da TaP Management, foi confirmado que a cantora passará a deter todos os direitos de publicação e gravação de todas as músicas. “Desejamos a Dua [Lipa] tudo de melhor para o futuro”, afirmou Anna Neville, copresidente da TaP Music.

Este é um momento emocionante para a nossa editora – estamos expandindo nossos serviços e equipes globalmente e continuamos a adicionar escritores e artistas talentosos à nossa lista já estelar.”

+++ LEIA MAIS: Iggy Azalea vende acervo musical por mais de US$ 100 milhões

A empresa opera uma gravadora e uma editora com o Universal Music Group e tem no seu catálogo nomes como Lana Del Rey, Ellie GouldingNoahCyrus e mais.

O anúncio foi confirmado logo após Lipa divulgar o lançamento de sua nova faixa "Houdini", que será lançada nesta quinta-feira (9), de acordo com uma série de teasers em suas plataformas de mídia social. A canção, produzida com Kevin Parker (Tame Impala), será o primeiro single do terceiro disco da cantora.

+++ LEIA MAIS: Dua Lipa divulga single com foto dos dentes e fãs pedem fio dental: 'Feat. Tártaro'

Dua Lipa segue os passos contrários de colegas comoJustin Bieber,Iggy Azalea, Genesis, Skylar Grey, Justin TimberlakeBruno Mars, Shakira, Neil Young, Bob Dylan e Mötley Crüe, que também venderam seus catálogos de músicas nos últimos anos.

A tendência tem sido popular entre músicos veteranos renomados que deixaram seus legados musicais nas mãos de empresas de música especializadas, que passam a controlar profissionalmente todas as suas publicações, enquanto recebem grandes quantias para seus herdeiros.