Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Ex-baterista do Motörhead faz homenagem a Lemmy no aniversário de morte do baixista

Morte de Lemmy completou sete anos na última quarta, 28, e Mikkey Dee relembrou a lenda do Motörhead

Redação Publicado em 29/12/2022, às 11h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Phil Campbell, Lemmy e Mikkey Dee (Foto: Getty Images)
Phil Campbell, Lemmy e Mikkey Dee (Foto: Getty Images)

Mikkey Dee, ex-baterista do Motörhead, prestou homenagens a Lemmy, que morreu há sete anos, no dia 28 de dezembro de 2015, aos 70 anos. Ele enfrentava câncer de próstata, além de arritmia cardíaca, que contribuiu para sua morte.

Nas redes sociais, conforme apontado pelo NME, Mikkey relembrou o antigo colega de banda e refletiu sobre a perda: "Meus dias de Motörhead estarão sempre marcados em mim. É uma grande parte de quem eu sou, e a família Motörhead é sólida como uma pedra, para sempre."

+++LEIA MAIS: Cinzas de Lemmy Kilmister foram colocadas em balas e distribuídas entre amigos

Lemmy, sinto sua falta e penso muito sobre você, mas tenho certeza que você está agitando tudo e levando o inferno para onde quer que você esteja.

Dee completou a publicação com uma foto ao lado de Lemmy. Confira:

Tatuagens com cinzas

Entre outras homenagens feitas ao líder do Motörhead, cinzas de Lemmy se transforaram em tatuagens na pele do gerente de turnês da banda Eddie Rocha e a assistente de produção Emma Cederblad. Alguns amigos próximos receberam as cinzas em balas de armas de fogo.

Assista:

+++ LEIA MAIS: Motörhead: Equipe de turnê da banda faz tatuagens com cinzas de Lemmy Kilmister