CPM 22: Fernando Badauí comenta saída polêmica de Japinha: 'Momento de fraqueza' [ENTREVISTA]

Em entrevista à Rolling Stone Brasil, Fernando Badauí relembrou o afastamento de Japinha e revelou como passou pelos momentos difíceis dos últimos tempos

Redação Publicado em 29/04/2022, às 22h05

None
Fernando Badauí, do CPM 22 (Foto: Willer Carvalho)

Em agosto de 2020, o CPM22 anunciou o afastamento polêmico do baterista Ricardo Japinha, após o vazamento de uma conversa com teor sexual do músico com uma fã de 16 anos. Agora, em 2022, o vocalista e fundador do grupo, Fernando Badauí, falou sobre o assunto. 

Em entrevista à Rolling Stone Brasil, Badauí relembrou a saída de Japinha e revelou como passou pelos momentos difíceis dos últimos tempos. 

+++ LEIA MAIS: De volta aos palcos, Badauí explica futuro do CPM22: "começou a abrir o céu de novo"

“A gente estava em um momento muito difícil nas nossas vidas, né? O mundo inteiro. Ai veio aquele problema do Japinha. Um problema que não envolve a banda, envolveu uma pessoa, claro, um membro da banda, mas é [problema] da vida pessoal dele, que a gente teve que resolver,” contou Badauí.

Para ele, o momento foi de “fraqueza,” e a maneira maldosa como algumas pessoas reagiram nas redes sociais o surpreendeu, como se enfiassem “uma faca dentro” do coração do vocalista. Por isso, Badauí decidiu ficar longe das notícias e nem ler mais sobre o assunto: “Preferi ficar na minha.” 

+++ LEIA MAIS: CD de CPM 22 vira relíquia e preço chega a até R$ 2,8 mil em sites internacionais

Confira a entrevista completa abaixo: 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rolling Stone Brasil (@rollingstonebrasil)