Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Glen Matlock, do Sex Pistols, não gosta da série Pistol: 'Devia ser mais verdadeira'

Pistol estreou no FX em maio de 2022; série foi criticada por alguns integrantes do Sex Pistols

Redação Publicado em 11/04/2023, às 11h06

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pistol (Foto: Divulgação)
Pistol (Foto: Divulgação)

Icônica banda de punk rock, Sex Pistols foi retratado em Pistol, minissérie do FX maio de 2022. Porém, a produção criada por Danny Boyle não agradou ao baixista Glen Matlock, que reclamou da falta de "fidelidade" do seriado disponível no Star+.

Durante entrevista ao The Metal Voice, o músico revelou como ficou "muito decepcionado com isso, na verdade, considerando que tive reuniões com Danny Boyle sobre isso." Em seguida, Matlock apontou algumas cenas retratadas em Pistol que não dialogam com a história do grupo.

+++LEIA MAIS: Sex Pistols: Após críticas de Johnny Rotten, diretor de série sobre a banda rebate 

"Não estou decepcionado com o lançamento e achei importante que fosse adiante porque era baseado na história de Steve [Jones] e abordava as coisas," afirmou. "E ele foi o cara que formou a banda – não John [Lydon], Steve. John foi o último da banda..."

Mas meu retrato, e particularmente minha saída da banda - eu deixei a banda. Não fui demitido. Todo aquele episódio em que Steve me demitiu é apenas besteira.

"Eu só acho que a série deveria ter sido mais verdadeira. A história real é mais corajosa… encontrei Danny Boyle novamente em Los Angeles depois do lançamento e eu [participei] de uma exibição privada," continuou Glen Matlock. "[Ele me disse]: 'Ei, Glen, como vai você?' Respondi: 'Danny, você é um babaca.'"

+++LEIA MAIS: Pistol: o que é ficção e o que é realidade na série do Sex Pistols?

Quando Pistol estava em fase inicial de produção, Matlock chegou a se encontrar com Boyle, mas o músico se sentiu frustrado após ser escanteado: "No começo, tive algumas reuniões com Danny em particular e a equipe. E eu pensei que tudo tinha sido resolvido. Mas fui ignorado. Então, não estou feliz. Eu me sinto prejudicado."

Glen Matlock sente um pouco de vergonha de Pistol

Segundo o baixista, ele foi assistir ao seriado com o filho, Louis, que fez alguns questionamentos sobre a narrativa da série. "Louis meio que astutamente disse: 'O problema é que eu sei que você fez isso e aquilo, e também sei isso sobre Steve, mas você e Paul parecem personagens bidimensionais; não há histórico [ou informações sobre] sua família e tudo mais,'" relembrou.

Um pouco disso poderia estar lá e [eles poderiam] ter desenvolvido as coisas um pouco mais. E [Danny] pode dizer: 'Bem, não há tempo para tudo isso aí.' Bem, houve todo um episódio sobre Chrissie Hynde não se casar com Steve, que levou uma hora da vida de todos, o que nunca aconteceu.

+++LEIA MAIS: Sex Pistols: Johnny Rotten volta a criticar série da banda: 'Contra tudo que representamos'