Halsey: Trent Reznor 'mudou de maneira positiva' após trabalhar em disco da cantora

Frontman do Nine Inch Nails produziu If I Can’t Have Love, I Want Power, quarto disco de estúdio de Halsey

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 22/10/2021, às 11h57

None
Halsey (Foto: Getty Images / Tommaso Boddi / Correspondente) e Trent Reznor (Foto: Handout / Handout)

Trent Reznor, frontman do Nine Inch Nails, produtor de If I Can’t Have Love, I Want Power (2021), disco de Halsey, falou sobre como o trabalho o "mudou de maneira positiva," segundo informações do NME. O cantor participou da produção ao lado de Atticus Ross, com quem costuma colaborar diversas vezes.

"Amo esse álbum para cara***," afirmou Ross à Billboard. "Os únicos elementos que não mudamos foram letras e melodias. Posso ouvir o disco e me perder em um nível emocional. "Sempre procurando coisas responsáveis por nos fazer sentir inspirados e menos cínicos. Saímos mudados do outro lado, no bom sentido, e revitalizados."

+++LEIA MAIS: Halsey fala sobre 'escolhas estranhas' de Trent Reznor em If I Can’t Have Love, I Want Power

"Tem sido revigorante e inspirador, e posso dizer como ambos precisávamos, assim como o mundo tem sido nos últimos dois anos," continuou o produtor. Além disso, Halsey também revelou como escreveram uma carta para Trent Reznor, com intuito de pedir para o músico produzir o quarto disco de estúdio dela.

A carta escrita pela cantora chamou atenção do cantor (via NME): "Foi intrigante e pensei: 'Seria fácil apenas dizer não, mas vamos ouvir algumas faixas.' Temos algumas músicas ['Easier Than Lying,' '1121,' 'Whispers' e 'Honey' ], e a pergunta original foi: 'Você poderia contribuir com isso para ajudar a contar a história que quero contar?'"

+++LEIA MAIS: Depois de polêmicas, Halsey e Machine Gun Kelly fazem as pazes e lançam clipe épico para 'Forget Me Too'

"Pensamos internamente: 'Vamos apenas manter os vocais e tentar uma nova peça musical em torno da música e ver o resultado.' Imediatamente, as músicas ganharam vida. De repente, inclinava-me enquanto ouvia as letras, e também ficava arrepiado," finalizou Trent Reznor.


Halsey explica mudança de pronomes nas redes sociais

Após mudar os pronomes nas redes sociais, a cantora Halsey foi ao Instagram explicar aos seguidores os motivos dessa decisão. A informação é da Billboard. Em 13 de março de 2021, Halsey mudou as biografias de mídia social - e os fãs imediatamente notaram. Atualizou os pronomes para "she/they" - normalmente significa como uma pessoa se sente confortável sendo chamada de "she/her" ou "they/them" indistintamente.

+++LEIA MAIS: Halsey briga com fã que gritou o nome do ex-namorado dela em show: ‘Vou chutar você para fora’

Os fãs apoiaram Halsey e mandaram muito amor. Nos stories do Instagram na última segunda, 22, a dona de "Closer" agradeceu aos fãs e trouxe contexto sobre a atualização nos pronomes.

"Para quem pergunta sobre minha biografia atualizada do Instagram: estou feliz com qualquer um dos pronomes," escreveu. "A inclusão de 'they' além de 'she' parece mais autêntica para mim. Se me conhece, sabe o significado para mim expressar isso externamente. Obrigada por serem os melhores."

+++LEIA MAIS: Depois de polêmicas, Halsey e Machine Gun Kelly fazem as pazes e lançam clipe épico para 'Forget Me Too'

Algumas semanas antes, Halsey falou sobre a gravidez, responsável por oferecer uma nova visão sobre a identidade de gênero: "Pensava como a gestação me daria sentimentos binários muito fortes sobre a 'feminilidade.' Mas, na verdade, isso nivelou minha percepção de gênero inteiramente. Minha sensibilidade ao meu corpo me tornou consciente de minha humanidade."