Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Harry Styles quebra recorde de Taylor Swift com vinil de Harry's House

Harry's House conquistou novo recorde com vendas de discos de vinil nos Estados Unidos

Redação Publicado em 30/05/2022, às 12h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Harry's House e Red (Taylor's Version) (Foto: Reprodução)
Harry's House e Red (Taylor's Version) (Foto: Reprodução)

Harry Styles quebrou mais um recorde com o sucesso de Harry’s House (2022), terceiro disco solo do cantor britânico. O músico ultrapassou as vendas de vinil do Red (Taylor’s Version) (2021), de Taylor Swift, nos Estados Unidos com apenas uma semana do lançamento.

Styles vendeu 521,5 mil cópias de Harry’s House na primeira semana, sendo a maior estreia de um disco de vinil desde 30 (2021), da Adele, quem vendeu 839 mil cópias em novembro do último ano. De acordo com a Billboard, o cantor britânico também bateu o recorde de maior semana de vendas de vinil da era moderna.

+++ LEIA MAIS: Harry Styles e James Corden fazem videoclipe com apenas R$ 1400; assista

Harry’s House vendeu 330 mil cópias sem contabilizar streamings e faixas individuais. Isso significa que Styles teve a melhor semana de vendas puras do ano, com número grande o suficiente para ter a maior estreia de 2022 apenas baseando-se em vendas.

As vendas de Styles superaram as de Swift, quem vendeu em uma semana 114 mil cópias do Red (Taylor’s Version). No streaming, o cantor também dominou as paradas, com 189 mil unidades, o que equivale a 246,9 milhões de streams sob demanda.

+++ LEIA MAIS: Harry Styles bate recorde em menos de 24 horas de novo disco

Harry Styles cria cenários relaxantes com melodias do pop oitentista em Harry’s House

Harry Styles abre a porta de casa e convida os ouvintes para relaxar ao som de baladas oitentistas e mais pop do que nunca em Harry’s House (2022), terceiro disco solo do cantor desde que deixou a boy band One Direction. Lançado em 20 de maio, o álbum de 13 faixas é relaxante, sensível e, principalmente, dançante.

Afastando-se cada vez mais do pop rock do disco de estreia, Harry Styles (2017), cantor britânico volta às origens no pop, mas dessa vez bem diferente do início da carreira. Assim como The Weeknd, Dua Lipa, Jessie J e outros artistas que reviveram as melodias dos anos 1980, Styles se aproveita desses ritmos para criar faixas como “Late Night Talking” e até o hit “As It Was.”

+++ LEIA MAIS: Harry Styles admite que tem ‘muito amor’ pelos integrantes da One Direction

Confira a review completa da Rolling Stone Brasilneste link.