Kanye West critica quem não acredita no diagnóstico de transtorno bipolar: ‘Dizem que estou louco’

Em entrevista, Kanye West falou sobre as batalhas com a saúde mental e o diagnóstico de transtorno bipolar - questionado por diversas pessoas, segundo ele

Redação Publicado em 12/11/2021, às 12h08

None
Kanye West (Foto: Dimitrios Kambouris/Equipe)

Kanye West, legalmente conhecido como Ye, enfrenta diversas batalhas com a saúde mental — e falou sobre o tema em uma entrevista memorável de três horas e meia para o podcast Drink Champs. Durante a conversa, o rapper também criticou quem não acredita no seu diagnóstico de transtorno bipolar.

Conforme noticiou a NME, West demonstrou a frustração de ser considerado “louco” por diversas pessoas — e ainda afirmou acreditar que todas as pessoas, de alguma maneira, também enfrentam a condição de transtorno bipolar:

+++LEIA MAIS: Kanye West quer fim de rixa com Drake: ‘Peço para se juntar a mim no palco’

“Todos nós estamos no espectro em algum lugar. Mas apenas alguns de nós fomos ao hospital ou fomos diagnosticados [com um distúrbio, ou prescritos] medicação,” explicou o astro. Ainda, o rapper comentou sobre o tratamento que teve após um desentendimento que teve com um paparazzi enquanto namorava a modelo Amber Rose:

“Quando eu bati naquele paparazzi naquele dia, eles me fizeram ir para o controle da raiva. Estava sentado lá com Amber Rose na situação de gerenciamento de raiva, e o treinador de gerenciamento de raiva continuava batendo em Amber e, em seguida, me dando alguns medicamentos,” revelou West.

+++LEIA MAIS: Kanye West é acusado de mandar engenheiro 'encontrar Deus' após demiti-lo; entenda

Segundo o rapper, a medicação foi uma “bola de neve”, responsável por chegar ao diagnóstico do transtorno de bipolaridade. No entanto, Kanye West explicou que muitos o consideram “louco” e desacreditam que ele sofra, de fato, com o distúrbio:

Há muitas pessoas que vão dizer: 'Eu não acredito que você seja realmente bipolar'. E sempre que alguém quer dizer que estou errado sobre algo, escondo a verdade [ou] mentira, eles dizem, 'Você está louco'. É apenas o corte final para não ter que ouvir.

West ainda afirmou que a afirmação da “loucura” é sempre utilizada para pessoas encerrarem conversas potencialmente desconfortáveis — como suas opiniões políticas, campanha presidencial e, inclusive, as escolhas de moda que ele faz.

+++LEIA MAIS: Donda: Confira lista completa de créditos do disco de Kanye West: Jay-Z, The Weeknd e mais [LISTA]

Conforme noticiou a NME, o rapper disse estar assumindo controle a respeito do que falam sobre sua saúde mental: “Vocês não vão diminuir o que estou fazendo e o que Deus está fazendo comigo no futuro, tentando cortar minhas pernas ou cortar minha influência me chamando de louco. Isso não funciona. Você não vai dizer nada como, ‘Você precisa de seus remédios, você não está em seu melhor estado mental agora’. Não, eu sei o que está acontecendo, e eu não vou tomar (...)”

Kanye West muda de nome para Ye

Após uma petição em agosto de 2021, o rapper Kanye West oficialmente mudou o nome para o monômio Ye, segundo informações do G1 da segunda, 18 de outubro. Um juiz do Tribunal de Los Angeles aprovou a mudança.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por ye (@kanyewest)

Anteriormente, em agosto, o rapper teria entregue a petição, segundo documentos disponibilizados na terça, 24 de agosto, e analisados pelo TMZKanye Omari West buscava ser legalmente conhecido pelo monônimo.