Lady Gaga se emociona após voltar aos palcos em Londres: 'Não sabia se conseguiria'

Lady Gaga falou abertamente sobre a luta contra fibromialgia e depressão e agradeceu o apoio da família no processo

Redação Publicado em 03/08/2022, às 14h32

None
Lady Gaga se apresenta no Superbowl Halftime Show 2017 (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)

Lady Gaga confessou ter medo de não conseguir mais realizar apresentações no último show realizado em Londres, no último domingo, 31 de agosto, durante apresentação que fez parte da turnê mundial intitulada The Chromatica Ball

A atriz e cantora de 36 anos desabafou com sua plateia no Tottenham Stadium de Londres sobre diversos problemas de saúde ao longo dos anos, entre eles ansiedade e depressão, assim como fibromialgia, que causa dor crônica e grande responsável pela cantora cancelar o show no Rock in Rio 2017.

+++ LEIA MAIS: Lady Gaga: Por que cantora ficou tanto tempo sem fazer shows?

Assim que descobriu a doença crônica, Gaga cancelou cerca de 10 compromissos na sua agenda de turnê para tratar a doença e justificou para os fãs: “Estou tão devastada que não sei nem como descrever. Tudo que sei é que, se não fizer isso, não defenderei as palavras ou o significado da minha música. Minha equipe médica apoia a decisão de me recuperar em casa”, escreveu no Twitter.

A síndrome da fibromialgia é uma doença clínica que se manifesta com dores em todo o corpo, principalmente na musculatura. Junto com a dor também vem um forte cansaço, sono não reparador e outros sintomas como alterações de memória e atenção, ansiedade, depressão e alterações intestinais.

+++LEIA MAIS: Lady Gaga se sente ameaçada pelas consequências que a carreira trouxe para sua vida

“Alguns anos antes disso eu tive que cancelar um show aqui porque eu não conseguia mais. E eu sinto muito. Lamento ter perdido esses shows. Mas foi por causa de alguém muito especial e muitas pessoas na minha vida que eu tenho que agradecer”, começou a cantora no show.

“Naquele dia em que deixei Londres, não sabia mais se poderia estar no palco com todos vocês. Eu não sabia se conseguiria”, acrescentou ela dizendo que sua irmã a ajudou muito durante o processo de tratamento.