Madonna: Há 31 anos, clipe de ‘Justify My Love’ foi banido da MTV; entenda [FLASHBACK]

Com cenas de sexo e sadomasoquismo, clipe de "Justify My Love", de Madonna, foi alvo de grande polêmica na época do lançamento

Redação Publicado em 27/11/2021, às 12h00

None
Madonna em clipe de "Justify My Love" (Foto: Reprodução)

Canção de The Immaculate Collection (1990), primeira coletânea dos maiores hits de Madonna, "Justify My Love" é uma estreia polêmica. Lançada em 6 de novembro de 1990 como principal single do álbum, a música é uma das mais icônicas da carreira da cantora — mas o clipe foi controverso para a época.

Co-escrita por Lenny Kravitz e Ingrid Chavez, além de ter letras adicionais de Madonna, a faixa é quase inteiramente falada e sussurrada, além de acompanhar uma temática que envolve erotismo e romance. No entanto, um dos aspetos mais marcantes da faixa é, justamente, o clipe.

+++LEIA MAIS: Madonna: Quem é o único artista que inspira a cantora atualmente?

O vídeo retrata Madonna como uma mulher cansada seduzida a fazer sexo com um homem e uma mulher desconhecidos. Com imagens sexuais explícitas, além de trechos de sadomasoquismo e voyeurismo, a gravação causou polêmica. Ainda, o vídeo apresenta o modelo e ator Tony Ward, namorado da cantora na época e um dos principais modelos masculinos da década de 1980. 

Considerado um dos maiores clipes da artista, "Justify My Love" tem um grande legado para a carreira e para a indústria pop. O vídeo representa um ponto de virada nas temáticas e estéticas da cantora, assim como um importante meio de abordar pautas como a bissexualidade — no entanto, há exatos 31 anos, a emissora MTV anunciou oficialmente que o clipe havia sido banido.

+++LEIA MAIS: Madonna recusou papéis em Batman: O Retorno e Matrix: ‘Quis morrer’

Anúncio da MTV sobre "Justify My Love" 

Em 27 de novembro de 1991, a MTV anunciou que, ao invés de editar o vídeo ou exibi-lo apenas na programação noturna, ele estava banido da emissora. Em comunicado, os executivos escreveram: “Respeitamos o trabalho [de Madonna] como artista e pensamos que ela faz ótimos vídeos. Este não é para nós.”

Conforme explicou o cite BC Charts, Madonna criticou o posicionamento da MTV na época: “Essas fantasias e pensamentos existem em todas as pessoas. Por que as pessoas estão dispostas a ir a um filme e ver alguém ser levado a pedaços sem motivo e ninguém quer ver duas garotas se beijando ou dois homens se aconchegando?”, questionou ao The New York Times.

+++ LEIA MAIS: Madonna é 'maníaca por controle,' afirma Lourdes, filha da cantora

Em decorrência do banimento do vídeo, Madonna decidiu lançar “Justify My Love” em VHS como um “video single” por cerca de US$ 10 dólares — e rapidamente, o trabalhou tornou-se o single em vídeo mais vendido de todos os tempos, alcançando o primeiro lugar na Billboard mesmo sem transmissão na MTV.