Malcolm McDowell relembra Laranja Mecânica: 'Uma tortura'

Malcolm McDowell falou sobre filmagens de Laranja Mecânica, relembrando cenas e desgaste emocional

Redação Publicado em 30/09/2021, às 10h24

None
Malcolm McDowell em Laranja Mecânica (Foto: Reprodução/Warner Bros.)

Considerado por diversos críticos de cinema como um dos maiores filmes de todos os tempos, Laranja Mecânica completa 50 anos em 2021. Estrela do longa-metragem, Malcolm McDowell relembrou as filmagens e este capítulo tão notório da carreira dele em uma longa entrevista ao NME.

Dirigido e escrito por Stanley Kubrick, o filme estreou em 19 de dezembro de 1971 nos Estados Unidos e Canadá. A produção foi baseada no livro homônimo de Anthony Burgess, publicado em 1962. Laranja Mecânica acompanha o jovem Alex (Malcolm McDowell), quem usa as noites para sair com Droogs, gangue formada com amigos violentos.

+++LEIA MAIS: De Hannibal Lecter a Laranja Mecânica: os 10 maiores psicopatas do cinema [LISTA]

No entanto, o protagonista acaba preso pelas autoridades - e, para ser libertado mais cedo, submete-se a uma técnica de modificação de comportamento. A intensa narrativa, é claro, foi refletida nas filmagens, as quais foram igualmente complexas para Malcolm McDowell, segundo contou o ator, descrevendo uma das cenas como "torturante".

Ao longo da entrevista, o astro contou sobre a dificuldade inicial de aceitar o retorno grandioso do filme: "Nos primeiros 10 anos depois que eu fiz isso, fiquei ressentido. [...] Eu disse: 'Olha, eu sou um ator, tenho que fazer um grande papel, [mas] estou seguindo em frente.' Então eu percebi que era uma obra-prima e eu era parte, muito parte dela. Você pode muito bem apenas aceitar e se divertir."

+++LEIA MAIS: 5 filmes tão controversos que quase não foram lançados, segundo site: de Laranja Mecânica a Lolita

Especificamente sobre as filmagens das cenas, Malcolm McDowell contou sobre o processo de gravação de quando Alex é preso e curado através da torturante terapia - a famosa Técnica Ludovico. Os olhos do ator sofriam com uma solução que era colocada nos olhos do personagem por um médico. 

McDowell chegou a ficar temporariamente cego por uma córnea arranhada. Ao NME, explicou: "Você não terá problemas, seus olhos ficarão anestesiados [disseram para ele]. 'Você não sentirá nada.'[...] Isso não era exatamente verdade."

+++LEIA MAIS: Laranja Mecânica: Malcolm McDowell diz que foi ‘brutal’ trabalhar com Stanley Kubrick

"[...] Uma semana depois, [Kubrick] diz: 'Eu vi todas as cenas e é ótimo, mas preciso de uma cena [aproximada e] real do olho'. E eu disse: 'Bem, por que você não faz isso no dublê? É para isso que ele é pago'. [...] Então eu tive que voltar e fazer de novo! E, claro, eles arranham minhas córneas [de novo], nada como originalmente, mas eu sabia que isso estava acontecendo. Isso foi uma tortura porque eu sabia o que esperar. Mas, valeu a pena," disse o astro.

No final das filmagens de Laranja Mecânica, Malcolm McDowell estava "totalmente exausto emocionalmente e fisicamente também." 

+++LEIA MAIS: 50 anos de Laranja Mecânica: 5 curiosidades sobre o clássico de Stanley Kubrick [LISTA]