Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Dupla implacável

Marina Sena explica processo criativo por trás da assinatura estética da carreira

Cantora falou da parceria com Vito Soares, diretor-criativo que trabalha com ela desde o primeiro clipe

Marina Sena (Foto: Divulgação)
Marina Sena (Foto: Divulgação)

Desde que deu o pontapé inicial na carreira solo, Marina Sena tem sido um respiro para a música brasileira. Seja pela voz característica, letras marcantes ou inegável presença de palco, a musa de Taiobeiras, Minas Gerais, tem deixado a própria marca para os amantes da música. 

Uma das maiores provas disso é a estética, sempre muito bem trabalhada, da cantora. Desde o clipe de “Me Toca”, um dos primeiro singles solo, podemos perceber que há ali a intenção de nos hipnotizar, não só pela voz, mas pela imagem — e ela tem conseguido. 

+++LEIA MAIS: Marina Sena rebate fala de internauta: ‘Provavelmente você se acha cult pra car***o por ter essa opinião’

Após se apresentar no segundo dia de Primavera Sound 2023, Marina recebeu jornalistas para uma rápida rodada de perguntas, onde pudemos conversar um pouco sobre a construção dessa identidade visual. A artista explicou que, quando faz música, imagina uma cena, uma vibe ou um lugar e faz uma canção para essa situação. 

Eu tô numa praia a noite, fazendo isso, isso e isso, com tais pessoas, etc. Essa situação me faz criar uma música. É como se eu realmente fizesse uma trilha sonora para uma cena de filme. Então a estética é completamente atrelada à minha música.

A cantora, então, costuma levar a ideia dela para a equipe criativa, dirigida por Vito Soares — que fez o primeiro clipe de Marina, ainda na época de A Outra Banda da Lua. “Deixamos ele como diretor-criativo para garantir que tudo tenha a mesma cara,” explicou a cantora.

+++LEIA MAIS: Internautas recuperam vídeo de Marina Sena antes da fama

A parceria vem se mostrando cada vez mais acertada e Marina diz que os dois pensam de formas iguais. “O que eu quero esteticamente é a mesma coisa que ele quer, a gente se comunica completamente,” completa. A ideia do vídeo filmado em cima do palco do festival durante a performance de “Dano Sarrada” foi do diretor, e quem subiu ao palco pata filmar a cantora foi o próprio Vito, “Faz tudo esse menino!” Brincou a artista.

“É um processo de amigos. Sabe quando você está com seus amigos, bebendo e começa: ‘Vamos fazer não sei o que’, ‘Vamos fazer isso, então’, a gente é assim. É meio que uma brincadeira séria,” finaliza. 

+++LEIA MAIS: Marina Sena comenta ausência de seu álbum no Grammy Latino: ‘Não teve nem a chance de perder’

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!