Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Midnights, de Taylor Swift, é primeiro álbum a vender mais vinis que CDs desde os anos 1980

Midnights, disco mais recente de Taylor Swift, atingiu marca curiosa na venda de cópias físicas

Redação Publicado em 28/12/2022, às 12h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Taylor Swift (Foto: Reprodução)
Taylor Swift (Foto: Reprodução)

Midnights, o disco mais recente de Taylor Swift, teve mais cópias vendidas em vinil do que CD. O fato não acontecia com um álbum desde os anos 1980. Segundo o NME, foram mais de 800 mil LPs vendidos desde o lançamento, em outubro de 2022

Última vez que a venda de vinil superou o CD foi em 1987. Naquele ano, Bad de Michael Jackson, a trilha sonora de Dirty Dancing, e Appetite For Destruction do Guns N’ Roses foram os álbuns com maiores números.

+++ LEIA MAIS: Taylor Swift bate mais um recorde de vendas com Midnights

Tanto o CD como o vinil de Midnights receberam cinco versões diferentes. Além disso, prensagens especiais do LP foram vendidas por períodos limitados.

O crescimento do formato não é uma tendência apenas entre os fãs da cantora norte-americana. É esperado que 5,5 milhões de vinis sejam vendidos até o fim de 2022 - o que marcaria o 15º ano consecutivo com aumento de vendas. Além disso, ao menos oito dos 10 álbuns mais vendidos foram lançados nos últimos 12 meses.

+++LEIA MAIS: Midnights: tudo o que sabemos sobre o novo álbum de Taylor Swift [LISTA]

"As conquistas de Taylor no ano que passou foram absolutamente espetaculares! Com mais de duas dúzias de marcos históricos estabelecidos por Midnights, é quase inimaginável para qualquer artista vender mais de seis milhões de álbuns em menos de oito semanas durante qualquer era do nosso negócio," destacou Monte Lipman, fundador e CEO da Republic Records à Music Week.