Morre Lizzie Bravo, brasileira que gravou com Beatles, aos 70 anos

Elizabeth Villas Boas Bravo mudou nome para Lizzie Bravo por conta da música 'Dizzy, Miss Lizzy'

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 05/10/2021, às 13h58

None
Lizzie Bravo (Foto: Divulgação)

Brasileira responsável por gravar com Beatles quando tinha 17 anos, Elizabeth Villas Boas Bravo, mais conhecida como Lizzie Bravo, morreu aos 70 anos em decorrência de problemas cardíacos, segundo informações do G1. Quem confirmou a informação foi Marya Bravo, filha da carioca, nas redes sociais.

O nome artístico da cantora surgiu de uma música do Fab Four: "Dizzy, Miss Lizzy," faixa de Help! (1965). Em 17 de fevereiro de 1967, Bravo se mudou para Londres. Quase um ano depois, em 4 de fevereiro de 1968, a artista foi à porta do estúdio Abbey Road na tentativa de interagir com os ídolos ingleses. Em determinado momento, Paul McCartney apareceu e perguntou se alguma das fãs conseguia sustentar nota aguda.

+++LEIA MAIS: Beatles: O dia em que Paul McCartney, John Lennon e David Bowie quase formaram supergrupo [FLASHBACK]

Felizmente, a brasileira conseguia realizar tal feito e, com uma amiga da Inglaterra, foi uma das vozes em "Across The Universe." Porém, a canção acabou arquivada pelos integrantes dos Beatles - foi lançada cerca de dois anos depois, quando fez parte do disco Let It Be, lançado em 8 de maio de 1970.

Lizzie Bravo detalhou a história no livro Do Rio a Abbey Road, lançado em 2015 e esgotado em 2017. Como G1 apontou, a obra terá impressão de segunda edição em 2021, assim como uma versão em inglês. Além de trabalhar como cantora, a artista também se destacou como fotógrafa.

+++LEIA MAIS: Beatles: Quais ‘pistas’ da capa de disco indicam teoria de que ‘Paul McCartney está morto’?

Beatles não foram os únicos artistas que trabalharam com Lizzie Bravo. Artistas nacionais como Alceu Valença, Alcione, Caetano Veloso, Djavan, Egberto Gismonti, Elba Ramalho, Ivan Lins, Joyce Moreno, Maria Bethânia, Maria Creuza, Milton Nascimento, Roberto Carlos e Zé Ramalho tiveram os vocais da carioca em gravações.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Marya Bravo (@maryabravo)