Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Morre Tony Bennett, ícone do jazz, aos 96 anos

Tony Bennett também fez história no pop, além de colaborar com nomes como Lady Gaga, Frank Sinatra e Amy Winehouse

Redação Publicado em 21/07/2023, às 10h24

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Tony Bennett (Foto: Theo Wargo/Getty Images)
Tony Bennett (Foto: Theo Wargo/Getty Images)

Cantor bastante conhecidos pelos trabalhos na música jazz e pop, Tony Bennett morreu aos 96 anos na manhã desta sexta, 21, segundo informações da Variety.

Mesmo com diagnóstico de Alzheimer em 2016, Bennett continuou na música até 2021, com shows e gravações de discos (um dos principais foi Love for Sale, feito em parceria com Lady Gaga) e músicas inéditas.

+++LEIA MAIS: Lady Gaga e Tony Bennett recebem indicação atrasada ao Emmy

Além de Gaga, o músico também fez sucesso com apresentações com outros grandes nomes da música, como Frank Sinatra (que chamou Bennett de "o maior cantor popular do mundo") e AmyWinehouse. Até 2009, Tony Bennett vendeu mais de 50 milhões de discos e ganhou 20 Grammys.

No pop, Bennett foi uma das principais vozes durante os anos 1950 e 1960. Ele voltou ao auge nos anos 1990, quando a carreira passou a ser gerida pelo filho, Danny. Outros destaques da carreira incluem o dueto "Body and Soul," gravado com Amy Winehouse, álbum com Diana Kral e canções com Lady Gaga.

+++LEIA MAIS: Por que músicas de Elvis Presley 'não impressionam' Tony Bennett?

Já a última aparição de Tony Bennett aconteceu em agosto de 2021, quando apareceu com Lady Gaga no Radio City Music Hall. O último álbum foi Love For Sale, responsável por continuar o sucesso de Cheek to Cheek (2014).