My Chemical Romance: 5 curiosidades sobre The Black Parade: casa mal-assombrada, Pica-Pau e mais [LISTA]

Aclamado disco do My Chemical Romance, The Black Parade completa 15 anos de história neste mês

Redação Publicado em 24/10/2021, às 13h00

None
My Chemical Romance no clipe de "Welcome to the Black Parade" (Foto: Reprodução / Youtube)

Aclamado pela crítica e um marco para o emo dos anos 2000, o terceiro disco de estúdio do My Chemical Romance, The Black Parade (2006), completa 15 anos em 2021. O álbum carrega uma série de canções icônicas da banda como "Mama," "Sleep," "Welcome to the Black Parade," e mais. 

[Colocar ALT]
Foto: Reprodução

Ao ouvir o disco, é evidente a proposta criativa que o My Chemical Romance planejava trazer com o projeto - algo que poucas bandas conseguiram, ou mesmo conseguem ao longo das carreiras. The Black Parade é magistral, complexo e completamente exagerado em todos os sentidos; mas de uma perspectiva totalmente positiva.

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance: Gerard Way escolhe música favorita do The Black Parade

A banda do vocalista Gerard Way traz um conceito singular para o início dos anos 2000 com o excêntrico trabalho; e o terceiro disco de estúdio marcou toda uma geração devido à autenticidade do grupo. Para comemorar os 15 anos desse icônico álbum, listamos cinco curiosidades sobre o projeto. Confira:

Composição em casa mal-assombrada

Segundo informações do Loudwire, o disco foi composto em uma casa mal-assombrada. Conhecido como Paramour Mansion, o estúdio de gravação - em uma residência histórica chamada Canfield-Moreno Estate e localizada na Califórnia - é lembrado por ser um local apavorante.

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance: Por que banda quase não lançou 'Welcome to the Black Parade'?

O My Chemical Romance relatou uma série de experiências assustadoras e sobrenaturais. Outras bandas que gravaram lá também noticiaram vivências semelhantes, de acordo com o Loudwire


Mudança de música

Em entrevista à Apple Music 1 para celebrar os 15 anos do The Black Parade, o vocalista Gerard Way revelou que "Welcome to the Black Parade" quase ficou fora da versão final do disco e foi uma canção totalmente repaginada para entrar à tracklist

+++LEIA MAIS: Fãs do My Chemical Romance encontram easter egg em clipe icônico de Black Parade; você conhecia?

"Originalmente, essa música se chamava 'The Five of Us Are Dying'. Nós tocamos e realmente gostamos, e eu senti que precisávamos daquela música no álbum, aquele fundamento que meio que apresenta o seu conceito, e a letra e os temas dessa música meio que incorporam os temas do álbum," explicou.

"Nós não queríamos apenas desistir da música, então eu comecei a trazer o conceito para o lado musical das coisas, em que eu estava tipo, 'Eu quero chamar isso de Black Parade. Eu quero que seja um desfile no disco' e começamos a desmontar a música e reconstruí-la," disse. 

+++ LEIA MAIS: Frank Iero desabafa sobre fim do My Chemical Romance: 'Muito assustador'


O que o Pica-Pau faz no disco?

Sim, tem uma referência ao Pica-Pau em The Black Parade. Sim, o famoso personagem infantil com uma risada única e memorável - tanto pelo ritmo como pelo tom. Agora, segundo o Loudwire, você só precisa escolher a sua plataforma de streaming preferida e dar play em "Dead!"; ouça o solo de guitarra de Ray Toro a partir do minuto 2 - a ideia do riff era soar como a risada do personagem.


Outra música quase ficou fora

"Disenchanted" também correu sérios riscos de ficar fora do disco - e, quem não deixou isso acontecer foi Mikey Way. Para salvar a canção, o músico convenceu os integrantes de uma forma hilária, como conta o The Talko; ele sussurrava nos ouvidos dos outros artistas da banda e dos produtores enquanto eles dormiam que queria muito a música presente no álbum. E, deu certo!

+++LEIA MAIS: Nandi Bushell entra na fase emo com cover de ‘Welcome To The Black Parade’, do My Chemical Romance; assista


Música favorita de Gerard Way

Na mesma entrevista à Apple Music 1 para celebrar o aniversário do álbum, Gerard Way escolheu as faixas favoritas do álbum: "Realmente gosto de 'Famous Last Words', mas acredito que minha favorita seja 'Mama'. Na verdade não, é 'Sleep'. Essa será minha favorita, sempre é. 'Mama' está realmente lá em cima, mas 'Sleep'. 'Sleep' é a minha favorita. É a minha música favorita do disco, ao lado de 'Mama', para tocar," revelou.

Ele acrescentou: "Eu gosto do tema e é realmente ótimo para tocar ao vivo. Você poderia realmente se perder nisso e sentir isso. 'Sleep' e 'Mama' tendem a ser, e são as minhas duas favoritas."

+++LEIA MAIS: Homem-Aranha de Andrew Garfield emo? Easter egg conecta filme com My Chemical Romance