Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

My Chemical Romance deve vir ao Brasil em 2023, diz jornalista

Em maio de 2022, My Chemical Romance voltou aos holofotes após lançar 'The Foundations of Decay' - e turnê de 2023 deve passar pelo Brasil

Redação Publicado em 15/10/2022, às 09h25

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
My Chemical Romance no clipe de "Welcome to the Black Parade" (Foto: Reprodução / Youtube)
My Chemical Romance no clipe de "Welcome to the Black Parade" (Foto: Reprodução / Youtube)

Após quase 10 anos longe dos palcos e estúdios de gravação, My Chemical Romance voltou com tudo em 2022 com o lançamento do single "The Foundations of Decay." Além disso, a banda liderada por Gerard Way retornou com turnês - e deve vir ao Brasil em 2023, segundo informações do jornalista José Norberto Flesch.

O jornalista não especificou em qual cidade o grupo virá, mas Flesch revelou quando My Chemical Romance fará show no Brasil: maio de 2023. No entanto, ainda não se sabe se a apresentação será solo ou em algum festival.

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance estreia turnê com sucessos não tocados há 15 anos


My Chemical Romance lança música inédita após 8 anos; ouça 'The Foundations of Decay'

Após oito anos sem músicas inéditas, My Chemical Romance voltou à ativa e lançou "The Foundations Of Decay" de surpresa na noite do dia 12 de maio de 2023. A icônica banda emo formada por Gerard Way (vocal), Mikey Way (baixo), Ray Toro (guitarra) e Frank Iero (guitarra) fez shows no Reino Unido e Europa no mesmo mês.

A música começa com um ritmo emotivo e lento, e o vocalista Gerard Way canta: "Veja o homem na colina, ele sonha com todas as batalhas vencidas / mas o destino deixou suas cicatrizes em seu rosto, com todas os estragos que fizeram." Durante o épico de seis minutos, Way também parece comentar os ataques de 11 de setembro, evento que levou à formação do grupo.

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance: 5 curiosidades sobre The Black Parade: casa mal-assombrada, Pica-Pau e mais [LISTA]

E ele estava lá, no dia em que as torres caíram / E então ele vagou pela estrada / E todos nós construímos nossas próprias torres / Só para ver as raízes corroerem / Mas é tarde demais / Você está na corrida / Então vamos pressionar / E pressionar até você não aguentar mais

"Iniciar My Chemical Romance foi um resultado direto de tudo o que experimentamos e testemunhamos durante esses eventos horríveis," escreveu Way anteriormente sobre os ataques às Torres Gêmeas em Nova York. "O mundo mudou naquele dia, e no dia seguinte começamos a tentar mudar o mundo."

"A banda sempre foi maior que suas partes. Mesmo quando tiramos um tempo, o My Chemical Romance estava lá espalhando o trabalho e vivendo a mensagem de 'Mantenha-se Vivo!' Hoje, somos coletivamente mais velhos e mais sábios, mas ainda estamos lá para continuar quando ouvimos o chamado," continuou. "Os últimos 20 anos foram sobre a cura, tirar a poeira, levantar-se, e viver em nosso potencial mais alto."

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance: Gerard Way acredita no futuro do rock: ‘Pessoas sentem falta de guitarras’

Segundo NME, diversos fãs especulam se os próximos shows de retorno do grupo virão ou não com mais músicas novas - ou talvez um quarto disco de estúdio. O último material inédito da banda veio em 2014 com o single "Fake Your Own Death," descrito como um "louvor" após a separação em 2013.

Ouça "The Foundations Of Decay" abaixo:

+++LEIA MAIS: My Chemical Romance, Paramore, Avril Lavigne e mais se reúnem em festival; veja lineup de When We Were Young