Nicki Minaj responde críticas sobre não ter tomado vacina contra covid-19: 'Se eu for vacinada, não será para o Met'

A cantora Nicki Minaj não participou do Met Gala pela obrigatoriedade da vacina - e usou o Twitter para criticar a decisão do evento

Redação Publicado em 14/09/2021, às 10h09

None
Nicki Minaj (Foto: Frazer Harrison/Getty Images)

O Met Gala 2021 - importante evento para a moda, que reúne celebridades, estilistas e profissionais do segmento - aconteceu nesta segunda, 13 de setembro. Para participar da cerimônia, a vacina contra a covid-19 era obrigatória: e por essa razão Nicki Minaj não esteve presente na ocasião. 

Além de não se vacinar contra a covid-19, a cantora usou o Twitter para criticar a decisão do Met Gala 2021 em estabelecer a vacinação obrigatória. A artista também não se preocupou com a quantidade de desinformação publicada na rede social. 

+++LEIA MAIS: BTS: 5 parcerias icônicas do grupo: Lauv, Nicki Minaj e mais [LISTA]

"Eles querem que você seja vacinado para o Met. Se eu for vacinada, não será para o Met. Será assim que eu sentir que pesquisei o suficiente. Estou trabalhando nisso agora. Enquanto isso, meus amores, fiquem seguros. Usem aquela máscara com duas cordas que prendem sua cabeça e rosto. Não aquela solta," afirmou. 

Veja:

+++ LEIA MAIS: Morre pai de Nicki Minaj, Robert Maraj, após ser atropelado

Nicki Minaj não apenas citou as "próprias pesquisas" como também publicou uma série de desinformação ao falar que um "amigo do primo" ficou impotente devido aos testículos inchados após a vacinação. Especialistas de saúde já disseram que este não é um efeito colateral da vacina, via Fox News

"Meu primo, que mora em Trinidad, não vai tomar a vacina porque um amigo dele tomou e ficou impotente. Seus testículos ficaram inchados. Seu amigo estava a semanas de se casar, agora a garota cancelou o casamento. Então, apenas ore e certifique-se de que você está confortável com sua decisão, e não intimidado," escreveu a cantora no Twitter. 

+++ LEIA MAIS: Nicki Minaj pagará mais de R$2 milhões para artista após ser acusada de plágio

Veja:

Apesar da série de desinformação, os tuítes de Nicki Minaj não foram excluídos pela rede social e não há uma sinalização da falta de veracidade das informações compartilhadas pela artista. Um porta-voz da plataforma disse ao The Verge: "Os tuítes aos quais você se refere não estão em violação das regras do Twitter."


Vale ressaltar: após mais de 20 milhões de casos e 550 mil mortes no Brasil causadas pela covid-19, é de extrema importância que a população tome vacinas contra a doença, as quais possuem segurança e eficácia comprovada, além de manter as medidas de distanciamento social e uso de máscaras para ajudar no combate ao vírus.