Nirvana: Dave Grohl responde processo sobre capa de Nevermind: 'Não perdi tempo'

Spencer Elden entrou com uma ação contra os integrantes do Nirvana pela capa de Nevermind

Redação Publicado em 27/10/2021, às 10h06 - Atualizado em 28/10/2021, às 13h57

None
Dave Grohl (Foto: Kevin Winter/Getty Images for iHeartMedia)

Neste ano, Spencer Elden surpreendeu o mundo ao abrir um processo contra a banda Nirvana pelo uso da foto do bebê nu na memorável capa de Nevermind (1991). Protagonista da imagem, Elden entrou com uma ação contra os integrantes sobreviventes (Dave Grohl e Krist Novoselic) e o espólio de Kurt Cobain por, segundo os documentos judiciais, violarem estatutos federais de pornografia infantil.

Em entrevista à New York, via Blitz, porém, Dave Grohl admitiu que não quis perder tempo com esse processo. O vocalista do Foo Fighters garantiu que, inclusive, pensa muito semelhante das pessoas; grande parte do público discordou das acusações feitas pelo protagonista da foto. 

+++LEIA MAIS: Nirvana é processado por nudez infantil por capa de Nevermind

Grohl declarou: "Não sei se posso falar sobre isso [o processo] porque não perdi muito tempo pensando  sobre o assunto. Creio que penso como a maior parte das pessoas, na medida em que discordo [das acusações]. É tudo o que tenho a dizer."

No entanto, o ex-integrante do Nirvana não deixou de fazer um comentário bastante direto a Spencer Elden em relação à capa e ao disco, dizendo: "Ele tem uma tatuagem de Nevermind. Eu não."

+++LEIA MAIS: Nirvana: Quem é, afinal, o bebê na capa de Nevermind, do Nirvana?


O processo

O processo contra o Nirvana, o qual também cita o fotógrafo Kirk Weddle e as gravadoras por trás do lançamento do disco, alega que Elden sofreu "danos ao longo da vida" e garante que os tutores legais dele nunca assinaram um documento "autorizando o uso de quaisquer imagens de Spencer ou de sua semelhança, e certamente não de pornografia infantil comercial".

Os documentos também apontam que Elden afirma que, além das violações dos estatutos, houve exploração sexual infantil, porque ele não poderia consentir pelo uso da imagem em 1991 quando ainda era uma criança. Ainda não há desdobramentos sobre o caso. 

+++LEIA MAIS: 28 anos de Nevermind: 7 curiosidades sobre o clássico do grunge que você não sabia [LISTA]


Foo Fighters no Lollapalooza Brasil

Nesta quinta, 28 de outubro, o Lollapalooza Brasil divulgou o lineup completo da próxima edição, que acontece em março de 2022. Dentre os nomes, a banda Foo Fighters está confirmada para o festival.