Noel Gallagher critica Harry Styles por não trabalhar tão duro quanto ‘músicos de verdade’

Noel Gallagher afirmou que artistas que surgiram em programas de talento 'não tem nada a ver com música'

Redação Publicado em 05/04/2022, às 16h34

None
Noel Gallagher (Foto: Mauricio Santana/Getty Images) e Harry Styles (Foto: Helene Marie Pambrun / Getty Images)

Noel Gallagher criticou Harry Styles e outros artistas que surgiram em programas de talento, como The X Factor, por não trabalharem tão duro quanto “músicos de verdade.” Em entrevista ao Daily Star, o guitarrista do Oasis afirmou que cantores de programas como o de Simon Cowell “não tem nada a ver com música.”

The X Factor é um programa de TV, não tem nada a ver com música, não tem nada a ver com música, e qualquer coisa que tenha vindo disso, não tem nada a ver com música,” afirmou. Além disso, também insinuou que Styles não trabalha nas próprias composições:

+++ LEIA MAIS: Bridgerton: Por que música de Harry Styles para trilha sonora foi a mais difícil de conseguir?

“Você não está me dizendo que Harry Styles está atualmente em uma sala, em algum lugar, escrevendo uma música,” disse. “Com qualquer alegria, ele estará cercado por muitas garotas. Posso garantir que ele não está com um violão tentando escrever uma nota para alguma coisa.”

A fala de Gallagher vem pouco tempo depois de Styles lançar “As It Was,” primeiro single do terceiro Harry’s House (2022), o qual será lançado em 20 de maio. O músico ganhou destaque em 2010, ao participar da One Direction, boyband formada por Cowell no The X Factor. O grupo ficou junto por cinco anos até entrarem em hiato e os integrantes lançarem projetos solos.

+++ LEIA MAIS: Harry Styles: 6 curiosidades sobre cantor; 1º emprego, tatuagens, namoradas e mais [LISTA]

Em entrevista à Sirius XM, Styles falou sobre Harry’s House e explicou que esse é o projeto mais libertador dele até o momento. “Sinto que essa é a primeira vez que estou fazendo música e lançando música realmente de um lugar de liberdade pessoal. Esse é um lugar realmente libertador para criar e agora divulgar isso. Então, o processo para mim foi facilmente o mais feliz de qualquer coisa que experimentei até agora enquanto fazia música.”