O dia que Gisele Bündchen abriu Olimpíadas do Rio com desfile ao som de 'Garota De Ipanema' [FLASHBACK]

Em 5 de agosto de 2016, desfile icônico de Gisele Bündchen foi eternizado ao som da música de Tom Jobim e Vinicius de Moraes

Redação Publicado em 05/08/2021, às 17h30 - Atualizado às 17h31

None
Gisele Bündchen durante desfile cerimônia de abertura das Olimpíadas do Rio(Foto:Jamie Squire/Getty Images)

As Olimpíadas do Rio de Janeiro aconteceram em 2016 — e um dos momentos mais marcantes para os brasileiros certamente foi o desfile de Gisele Bündchen ao som de “Garota de Ipanema” na Cerimônia de Abertura.

Com vestido longo e brilhante do estilista Alexandre Herchcovitch, assim como um público gigante — 60 mil pessoas nas arquibancadas e mais de 3 bilhões assistindo pela TV mundialmente —, a modelo fez história ao desfilar no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

+++LEIA MAIS: Lady Gaga nas Olimpíadas de Tóquio? Documento revela participação especial; entenda

“Garota de Ipanema”, canção de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, ecoou no estádio e televisões por meio dos alto-falantes que se direcionavam a Daniel Jobim. Neto do maestro, o músico tocou a música em um piano enquanto interpretava o avô.

O desfile com duração de um pouco mais de 1 minuto e 30 segundos trazia o foco de luz em Bündchen enquanto a estrela, “em um doce balanço” e com um grande sorriso no rosto, preenchia o estádio do Maracanã. Um detalhe desse momento icônico é o tamanho da passarela: a estrela desfilou por 128 metros, o equivalente ao gramado do campo de futebol.

+++LEIA MAIS: Gisele Bündchen no topo do mundo [Arquivo RS]

Para dar mais efeito ainda, a música icônica foi entoada por diversos dos espectadores no estádio, potencializando o momento. Afinal, “Garota de Ipanema” é uma canção muito conhecida pelos brasileiros.


Olimpíadas de  Tóquio

Durante abertura das Olimpíadas de Tóquio em 23 de julho de 2021, o icônico desfile de Gisele Bündchen na cerimônia no Rio 2016 foi lembrado pelos internautas. Muitos perfis se referiam ao momento como “patrimônio nacional”:

+++ LEIA MAIS: Quem é Rayssa Leal, skatista de 13 anos 'tietada' por Tony Hawk e promessa das Olimpíadas de Tóquio

Outros perfis caracterizaram o desfile de Bündchen na cerimônia do Rio como “insuperável”, comparando-o com a cerimônia do Japão.


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS