O Grilo quer fazer música sem se prender a rótulos: 'Somos bem liberais nesse sentido' [ENTREVISTA]

Os integrantes da banda O Grilo contam quais são suas inspirações e estratégias para fazer música com liberdade e autenticidade

Redação Publicado em 01/11/2021, às 16h40

None
O Grilo (Fotos da matéria: Giulia Lima / cortesia Rockambole)

Os músicos da banda O Grilo são os novos convidados da série de entrevistas Novas Vozes, projeto da Rolling Stone Brasilque busca dar destaque para talentos musicais em ascensão no Brasil. Na primeira parte da conversa, o grupo paulistano contou quais são suas inspirações e estratégias para fazer música com liberdade e autenticidade.

"Temos referências muito plurais. O Felipe [Martins, guitarrista] é de Manaus e traz muita coisa de lá. O Pedro [Martins, vocalista] tem essa raiz carioca da MBP. Eu e o [baixista Gabriel] Cavallari pesquisamos muito, fazemos esse trabalho de garimpo," disse o vocalista LucasTeixeira.

+++ LEIA MAIS: Conheça O Grilo, a banda que troca de estilo a cada compasso - e transforma em música todas suas angústias e incertezas [ENTREVISTA]

O músico continuou: "A gente não se reprime na hora de colocar alguma coisa dentro das músicas. Dificilmente a gente fala: 'Não acho que devemos fazer esse estilo. Não acho que a gente deve ir por esse caminho.' Somos bem liberais nesse sentido. Mais do que nossa pluralidade de referências, é essa postura que temos em relação às músicas."

Teixeira mencionou grandes artistas brasileiros, os quais não se limitam a um gênero musical. "[Estamos] vendo muita gente boa fazendo isso no Brasil, principalmente no pop. Além da Pabllo [Vittar], tem a Duda Beat, que faz uma mistura muito doida. Tem muita coisa da Anavitória que é muito legal… eles não se limitam a nada."

+++ LEIA MAIS: Ousada, orgulhosa e independente: Pabllo Vittar quer mostrar seu Brasil para o mundo [ENTREVISTA]

O Grilo também falou sobre como tenta criar estratégias para entregar um conteúdo autêntico aos fãs, para além dos padrões das plataformas de streaming. Em 2021, a banda lançou o disco de estreia, Você Não Sabe de Nada, junto com um livro de mesmo nome, o qual conta músicas comentadas, histórias inusitadas, cifras de todas as músicas e mais.

"Pensamos em lançar um produto que complementasse o consumo de plataformas digitais, porque você acaba se limitando um pouco às plataformas. É o mesmo template, aquelas fotos, links de redes sociais. Então, para você ter uma experiência mais imersiva com o artista, é importante ter um outro tipo de produto que acompanhe o lançamento."

+++ LEIA MAIS: Tássia Reis retoma shows e sonhos com Próspera D+: 'Precisamos de energia, dançar, viver de novo' [ENTREVISTA]

Confira a entrevista a primeira parte da entrevista da Rolling Stone Brasilcom O Grilo: