Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

O único rapper bilionário na atualidade, segundo a Forbes

Apesar de indústria da música ser inegavelmente lucrativa, conquistas foram obtidos muito em função dos investimentos em outras áreas

Jay-Z (Foto: Rich Fury/Getty Images)
Jay-Z (Foto: Rich Fury/Getty Images)

O hip hop evoluiu ao longo dos anos para se tornar um dos estilos musicais mais rentáveis do mundo. Ainda assim, não é nada fácil para um artista deste - ou de qualquer outro - gênero entrar na famosa lista de bilionários da revista Forbes.

Jay-Z conquistou esse feito em 2019, tornando-se o primeiro rapper da história a atingir tal posição. Kanye West (agora legalmente chamado Ye), por sua vez, conseguiu em 2020. Porém, na lista de 2023, West já não está mais ali - fazendo do marido da Beyoncé, novamente, o único nome do hip hop a integrar o ranking.

De acordo com o levantamento atual, o patrimônio líquido de Jay-Z aumentou de US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 7,4 bilhões) para US$ 2 bilhões (cerca de R$ 9,8 bilhões). Já no caso de West, os valores não foram revelados, mas a saída da lista de bilionários ocorreu em função da perda de seu contrato com a Adidas.

+++LEIA MAIS: Adidas rompe com Kanye West após comentários antissemitas

Como reportado pela própria Forbes, a empresa de moda esportiva encerrou sua parceria com West em outubro de 2022 depois que o rapper postou uma série de comentários antissemitas nas redes sociais. Em comunicado, um representante disse que as falas do artista eram “inaceitáveis e perigosos” e reforçou que a corporação tem “valores de diversidade e inclusão”.

O vínculo entre Adidas e Kanye era bem estreito, visto que a marca de tênis do artista, Yeezy, representava de 4% a 8% das vendas totais da Adidas. O próprio rapper declarou que a parceria representava US$ 1,5 bilhão de seu patrimônio líquido. Já a empresa estimou um impacto de 250 milhões de euros (cerca de R$ 1,35 bilhão) em seu lucro líquido de 2022.

Jay-Z, o único rapper bilionário

O grande faro de Jay-Z para negócios fora da música tem feito seu patrimônio aumentar cada vez mais. A Forbes destaca que desde 2019, quando entrou pela primeira vez na lista de bilionários da revista, o rapper mais do que dobrou sua fortuna. A maior parte dessa renda vem de seus investimentos na indústria de bebidas, como destacado pela publicação:

“Em 2021, a LVMH (holding especializada em artigos de luxo) comprou uma participação de 50% na empresa de champanhes de Jay-Z, Armand de Brignac, também conhecida como Ace of Spades. Ele vendeu a maior parte de sua participação em sua marca de conhaque D'Usse para a Bacardi em fevereiro de 2023. Seus outros ativos variam de uma coleção de belas artes, incluindo obras de Jean-Michel Basquiat, seu catálogo de música e ações em empresas como Block e Uber.”