Pai de Britney, Jamie Spears desiste da tutela da cantora - mas busca substituto

Jamie Spears, pai de Britney, desistiu da tutela da cantora mas está a procura de alguém para substitui-lo

Daniel Kreps | Rolling Stone EUA. Tradução: Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 12/08/2021, às 20h29

None
Britney Spears em 2019 (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Jamie Spears deixará o papel principal na tutela de Britney Spears após petição da filha em julho para que o pai fosse removido após 13 anos no controle de sua vida.

O TMZ relatou pela primeira vez que Jamie Spears apresentou documentos legais para se retirar da tutela, embora questionasse se uma mudança no conservador seria do "melhor interesse" de Britney.

+++ LEIA MAIS: Britney Spears anuncia afastamento dos palcos enquanto durar tutela: 'Matou meus sonhos'

"No entanto, embora o Sr. Spears seja o alvo incessante de ataques injustificados, ele não acredita que uma batalha pública com sua filha sobre a continuação de seu serviço como tutor seria dos melhores interesses dela," afirmam os documentos legais (via Insider). "Portanto, embora ele deva contestar esta petição injustificada para sua remoção, o Sr. Spears pretende trabalhar com o Tribunal e o novo advogado de sua filha para se preparar para uma transição ordeira para um novo administrador."

Advogados de Jamie e Britney Spears não responderam à Rolling Stone EUA até o momento.

+++ LEIA MAIS: Tutela de Britney Spears é 'realmente horrível', diz Billie Eilish

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Britney Spears (@britneyspears)

 

O processo de Britney Spears 

Grande parte do processo também colocou a culpa na mãe de Britney,Lynne Spears. "A pedido e instrução da Srta. Spears, Lynne teve pouco ou nenhum envolvimento na tutela - muito menos na vida da Srta. Spears - durante a maior parte dos 13 anos em que ela existe," afirma o documento. "O Tribunal não pode confiar nas alegações e especulações sem fundamento de alguém com quem a Srta. Spears evitou falar durante a maior parte de sua vida adulta. (Apesar disso, o Sr. Spears ou outros membros da equipe de profissionais frequentemente incentivavam a Srta. Spears a falar com a mãe, com a esperança de reparar esse relacionamento, e a Srta. Spears fazia o favor às vezes.)"

O processo continua: "Sr. Spears continua a servir obedientemente e não deve ser suspenso ou removido, e certamente não com base em falsas alegações. O Sr. Spears está disposto a renunciar quando for a hora certa, mas a transição deve ser ordenada e incluir uma resolução de questões pendentes no Tribunal. Para chegar a esse resultado, o Tribunal deve encorajar todas as partes interessadas a se reunirem e consultar a fim de resolver as questões pendentes no melhor interesse da Srta. Spears."

+++ LEIA MAIS: Britney Spears é autorizada a escolher próprio advogado

O advogado recém-contratado de Britney,Mathew S. Rosengart - quem entrou com a petição pedindo a remoção de Jamie - disse ao TMZ em um comunicado: "Estamos satisfeitos, mas não necessariamente surpresos que o Sr. Spears e o advogado dele finalmente reconheceram como ele deve ser removido. Estamos decepcionados, no entanto, pelos ataques vergonhosos e repreensíveis dele contra a Srta. Spears e outros."

Rosengart continuou: "Esperamos continuar nossa investigação vigorosa sobre a conduta do Sr. Spears e outros nos últimos 13 anos, enquanto ele colheu milhões de dólares dos bens da filha, e estou ansioso para tomar o depoimento do Sr. Spears em um futuro próximo. Nesse ínterim, em vez de fazer acusações falsas e atacar a própria filha, o Sr. Spears deveria se afastar imediatamente."

+++ LEIA MAIS: ‘Escravidão’, diz Madonna sobre tutela de Britney Spears

O caso da tutela de Britney Spears

Em uma audiência de tutela em junho, Britney acusou o pai e a tutela de controlar opressivamente as próprias finanças, negócios e decisões pessoais, e o próprio corpo; ela disse ao tribunal que lhe foi prescrito lítio contra sua vontade e não tinha permissão para se casar, ter outro filho ou ter o próprio DIU removido.

"Tudo que eu quero é ter meu dinheiro... E que isso acabe... E meu namorado seja capaz de me levar em seu carro. E honestamente… Quero poder processar minha família," disse Britney durante a audiência. Ela acrescentou: "Realmente acredito que essa tutela é abusiva."

+++ LEIA MAIS: Jamie Lynn, irmã de Britney Spears, pede para fãs pararem com ameaças de morte; entenda


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS