Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / LANA DEL REY

Por que Lana Del Rey não costuma cantar em programas de TV

Cantora diz ter se apresentado em apenas duas atrações televisivas até hoje e explica a razão

Lana Del Rey (Foto: Getty Images)
Lana Del Rey (Foto: Getty Images)

Muitos fãs de Lana Del Rey já devem ter percebido que a cantora raramente se apresenta ao vivo em programas de TV. A artista tem o hábito de promover seu trabalho na mídia de outras formas.

Por quê? Em entrevista ao The Hollywood Reporter, a cantora pôs fim a esse mistério ao revelar o motivo pelo qual se recusa a fazer performances na televisão.

A resposta nos leva a 2012, quando Lana fez uma apresentação bastante criticada no Saturday Night Live, tradicional programa americano. Na ocasião, ela interpretou duas músicas: “Video Games” e “Blue Jeans”. Contudo, as redes sociais foram tomadas por comentários negativos, já que sua performance realmente não foi das melhores. Chegaram a acusá-la de fingir cantar, pois soava bem diferente das gravações originais.

Tal episódio fez com que Del Rey se afastasse em definitivo dos programas de TV. Ela destacou, ainda, que não costuma fazer mais turnês tão longas, com vários shows. Tudo recai em um problema: a falta de confiança:

“Acho que fiz umas duas [apresentações na TV]? Talvez isso seja outra coisa que eu pretenda desenvolver mais, como fazer turnês. E não me interpretem mal. Excursionei por nove anos da minha vida. Foi sem parar. Foi difícil. Mas seu coração sabe quando é a hora certa. E nunca senti estar no momento certo [para a TV]. Talvez agora, mesmo que não me sentisse confiante, eu faria isso de qualquer maneira. Mas havia uma razão para não me sentir confiante.”

O entrevistador, Mikey O’Connell, questionou então a razão pela qual Lana, uma artista de sucesso em todo o planeta, não se sente confiante. Ela declarou:

“Não sabia se eu seria bem recebida. Mas há muitos esquisitos por aí agora, então estamos bem. Estamos em boa companhia.”

Mais espaço para histórias

Lana Del Rey realmente acredita que a diversidade do público lhe traz confiança o bastante para seguir em frente. A cantora entende que, agora, pode “dizer coisas diferentes”, sem precisar se encaixar em padrões pré-estabelecidos pela indústria do entretenimento.

“Comecei em uma época em que as coisas eram praticamente unilaterais. Aos poucos, tem aparecido mais espaço para contar histórias e dizer coisas diferentes. Você está vendo muito mais boas compositoras também. Bem, quem sou eu para dizer isso? Eu gosto de muitos cantores da atualidade.”

Por fim, o entrevistador destacou que jovens artistas como Billie Eilish e Olivia Rodrigo citam Lana como influência. Ela refletiu:

Billie e Olivia são pessoas tão boas, é incrível. Eu amo eles e sua música. Não é como se você tivesse que ser legal para ser bom [na música], mas, se acontecer de você ser legal e uma ótima cantora, fico feliz pela cultura. Sempre tive garotas me contando coisas assim. Talvez não os críticos ou qualquer outra pessoa — mas cantoras que eu conhecia, não importa quão grandes ou pequenas, me escreviam cartas. Sempre me senti como a irmã mais velha de quase todas as pessoas que conheci.”