Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Quando João Barone e Bi Ribeiro conheceram o gentil Joe Strummer

História envolvendo o saudoso vocalista e guitarrista do The Clash, morto há 20 anos, foi contada brevemente nas redes sociais pelo baterista d’Os Paralamas do Sucesso

Por Igor Miranda (@igormirandasite) Publicado em 22/12/2022, às 13h07

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Foto: David Klein / Getty Images
Foto: David Klein / Getty Images

Nesta quinta-feira (22), data em que a morte de Joe Strummer completa 20 anos, um fato curioso sobre o vocalista e guitarrista do The Clash foi compartilhado por João Barone. O baterista d’Os Paralamas do Sucesso relembrou a ocasião em que ele e seu parceiro de décadas, o baixista Bi Ribeiro, se encontraram com o músico britânico.

Conforme relatado por Barone pelo Twitter, a situação se deu por acaso e por volta de 1991 - o brasileiro não se recorda exatamente do ano.

+++ LEIA MAIS: O dia em que Joe Strummer foi preso durante um show do The Clash

“Uma vez (1991?) estávamos eu e Bi jantando num restaurante em Londres, vi um casal numa mesa e era o Joe Strummer. Esperamos ele pagar a conta, saímos até a calçada e falamos com ele, foi super gentil, perguntou do Brasil, não queria acabar a conversa. Essa noite foi inesquecível.”
Foto: David Klein / Getty Images
Foto: David Klein / Getty Images

+++LEIA MAIS: Por que Joe Strummer sumiu pouco antes de uma das principais turnês do The Clash em 1982?

Para evitar uma possível desconfiança de internautas com relação a sua publicação anterior, Barone acrescentou: “É verdade e dou fé. Até tiramos uma foto juntos, foi publicada na coluna de música semanal RioFanzine n’O Globo. Se alguém tiver esse registro, pode postar aqui (a foto foi perdida)”, marcando em seguida o perfil do jornalista cultural Tom Leão, autor da coluna citada que, infelizmente, revelou não ter posse do material de décadas atrás.

Joe Strummer fez história como vocalista e guitarrista do The Clash, uma das bandas mais importantes da história do punk rock. Ele faleceu em 22 de dezembro de 2022, aos 50 anos, devido a um infarto sofrido por uma anomalia cardíaca congênita não diagnosticada. À época, dedicava-se ao projeto The Mescaleros, com quem lançou os álbuns Rock Art and the X-Ray Style (1999) e Global A Go-Go (2001) - além de registros póstumos como Streetcore (2003).