Quando Robby Steinhardt, do Kansas, emocionou uma multidão com solo de 'Dust in the Wind' no violino [FLASHBACK]

Robby Steinhardt se destacou em apresentação do Kansas ao performar 'Dust in the Wind' em 1978

Angie Martoccio | Rolling Stone EUA. Tradução: Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 19/07/2021, às 20h14

None
Robby Steinhardt, do Kansas (Foto: Reprodução/Facebook)

O vídeo oficial de "Dust in the Wind," do Kansas, é o típico de vários vídeo clipes do final dos anos 1970: Tem uma quantidade infinita de cabelo, algumas camisas de smokings com babados questionáveis e um pouco mais de cabelo.

Da mesma maneira que o vídeo de 1978 de "Lights," de Journey, humoristicamente apresentou a luz literalmente irradiando nas roupas extravagantes dos integrantes da banda, o clipe do Kansas usa uma máquina de fumaça para representar dramaticamente toda a poeira no vento. 

+++ LEIA MAIS: O dia em que George Harrison sobreviveu após ser esfaqueado múltiplas vezes [FLASHBACK]

Mas essa música é sobre viver no momento - então porque não assistir uma ótima apresentação ao vivo de "Dust in the Wind" em vez disso? Essa vem do festival Canada Jam de 1978, em Bowmanville, Ontario, onde Kansas se apresentou em um projeto que também incluía Dobbie Brothers, Commodores, Village People, Dave Mason e outros. A ausência de efeitos bregas permite a grandeza da música brilhar enquanto um Steve Walsh suado e sem camisa rasga os vocais incríveis em shorts de corrida e meias 3/4.

Mas o destaque da performance é, sem dúvidas, Robby Steinhardt, o violinista e co-vocalista da banda, quem morreu na semana passada aos 71 anos. Ele apresentou um solo melancólico, balançando para frente e para trás enquanto sua juba selvagem permanece perfeitamente no lugar. Steinhardt, quem saiu da banda em 1982 e retornou para uma segunda passagem em 1997, prosperou tocando o rock clássico básico - ele realmente sabia como viver no presente.

+++ LEIA MAIS: O dia em que Paul McCartney e John Lennon encontraram-se pela primeira vez [FLASHBACK]

"'Dust' é prazeroso de tocar porque as multidões se divertem tanto," disse à Music Magazine em 1982. "Isso me ajuda muito na minha performance. Preciso de resposta da multidão para apresentar o melhor da minha habilidade." O colega de banda Kerry Livgreen completou em 1992: "Robby era a ligação entre a banda no palco e o público."

Steinhardt morreu em 17 de julho de pancreatite aguda e sepse. A esposa, Cindy Steinhardt, confirmou que ele estava trabalhando na estreia solo na época da morte. Esperançosamente, o disco será um lançamento póstumo. 

+++ LEIA MAIS: O dia que a Marvel lançou HQ do Kiss feita de sangue dos integrantes [FLASHBACK]


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL