Rita Lee reage bem ao tratamento contra câncer: 'Lúcida e trabalhando,' diz amigo

Rita Lee foi diagnosticada com câncer em maio de 2021 - e o cenógrafo Chico Spinosa comentou sobre o tratamento da cantora

Redação Publicado em 24/09/2021, às 09h41

None
Rita Lee (Foto: Reprodução / Instagram)

Rita Lee está em tratamento contra um câncer no pulmão, diagnosticado em maio de 2021, e segue “lúcida e trabalhando”, segundo amigo da cantora. A Rainha do Rock brasileiro, com 73 anos, inclusive participou ativamente da preparação da exposição com seu acervo, inaugurada na quinta, 23, no Museu de Imagem e do Som (MIS), em São Paulo.

Segundo o site Yahoo, Rite Lee está reagindo bem ao tratamento contra o câncer. O cenógrafo Chico Spinosa, amigo da cantora e responsável pela cenografia da exposição no MIS, afirmou: "Rita está lúcida e trabalhando. Ela está em tratamento e reagindo bem".

+++LEIA MAIS: Rita Lee: MIS abre exposição em homenagem à cantora com objetos pessoais, figurinos e instrumentos

A cantora descobriu um tumor primário no pulmão esquerdo em maio de 2021, durante um check-up no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. A informação foi divulgada em uma publicação no Instagram oficial de Rita Lee.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Rita Lee Jones (@ritalee_oficial)

 

O cenógrafo Chico Spinosa comentou sobre a exposição em homenagem à cantora: "Com esse convite para a cenografia e o restauro dos figurinos para a exposição, tenho certeza de que Rita sempre foi o melhor do pop e o melhor de mim. Revendo toda a sua obra, me coloco de quatro a essa poetisa. A quem respeito muito. Nesse encontro, aos meus 70 anos, ela me dá energia e me faz mais criativo".

+++LEIA MAIS: Rita Lee revela leveza da vida e brinca ser 'velha e dona de casa': 'Você não quer mais trepar, pois já trepou a vida inteira'

Lee vive atualmente em seu sítio no interior do estado de São Paulo, e gravou os textos que explicam as passagens da exposição. Segundo a Rainha do Rock brasileiro, ela mostrará o seu lado “acumuladora” ao compartilhar o acervo pessoal com os visitantes do MIS:

"Sou dessas acumuladoras que não jogam fora nem papel de embrulho e barbante. Vou adorar abrir meu baú e dividir as histórias que as traquitanas contam com quem for visitar." disse Rita Lee.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por MIS-SP (@mis_sp)