Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Roger Taylor, do Queen, e a emocionante declaração sobre Taylor Hawkins, dos Foo Fighters

Taylor Hawkins é padrinho de Rufus Tiger Taylor, filho de Roger Taylor

Redação Publicado em 25/04/2023, às 12h08

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Roger Taylor (Foto: Getty Images / Clemens Bilan) e Taylor Hawkins (Foto: Scott Dudelson / Correspondente / Getty Images)
Roger Taylor (Foto: Getty Images / Clemens Bilan) e Taylor Hawkins (Foto: Scott Dudelson / Correspondente / Getty Images)

Uma das principais influências de Taylor Hawkins, baterista dos Foo Fighters que morreu no dia 25 de março de 2022, poucos dias antes da banda se apresentar no Brasil, Roger Taylor deu emocionante declaração sobre o músico e amigo.

Durante entrevista ao Zoe Ball Breakfast Show, programa da BBC Radio 2, Roger foi questionado sobre a amizade com Hawkins, e a apresentadora perguntou se o lendário baterista do Queen escutou "Rescued," novo lançamento dos Foo Fighters.

+++LEIA MAIS: Taylor Hawkins 'explodiu' quando ouviu Foo Fighters pela primeira vez

"Não, eu não tenho. Eu estava em contato quase diário com o querido Taylor," afirmou o artista. "Isso foi de partir o coração. Ele é o padrinho do meu filho, Rufus. Eu amo os Foo Fighters, eles são como meus irmãos. É muito difícil [saber que ele se foi]."

Além disso, Zoe Ball comentou sobre os rumores de que Rufus, também baterista, participaria da próxima turnê dos Foo Fighters. "Bem, ele toca bateria brilhantemente com eles. Ele conhece todas as músicas, conhece todos muito bem," explicou Roger Taylor. "Ele tocou 'Best of You' com os Foos, e foi fenomenal em Wembley e no The Forum em Los Angeles. O que exatamente está acontecendo agora não sei."

+++LEIA MAIS: Quem pode assumir posto de Taylor Hawkins no Foo Fighters?

Em seguida, Roger comentou sobre os próximos lançamentos dos Foo Fighters: "Eles estão trabalhando e isso é ótimo. Nunca vamos esquecê-lo. Não consigo tirá-lo do meu telefone."